Super banner
Super banner

Romeu Zema reúne Gabinete de Crise para articular ações do Estado para atendimento às vítimas das chuvas

Romeu Zema reúne Gabinete de Crise para articular ações do Estado para atendimento às vítimas das chuvas

O governador Romeu Zema se reuniu, na tarde desta terça-feira (28/1), no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Administrativa, com secretários de Estado, representantes das Forças de SegurançaDefesa Civil e demais órgãos estaduais para alinhamento, articulação e tomada de decisões em relação às ações desenvolvidas pelo governo no atendimento das vítimas das chuvas em Minas Gerais.

“Os trabalhos em prol da segurança dos mineiros não param. Estamos nos reunindo, continuamente, com o objetivo de atualizar as informações sobre as chuvas, discutir as medidas necessárias para evitar adversidades e auxiliar as vítimas. Estamos trabalhando de forma articulada para minimizar os problemas e prevenir novos desastres”, afirmou o governador, que, na manhã desta terça-feira, também esteve Centro de Comando para acompanhar os trabalhos.

Durante o período das fortes chuvas que atingem o Estado, Zema instalou o Gabinete de Crise no CICC, que conta com representantes de diversos órgãos do Estado. Os trabalhos são sistematizados pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, que atua também em conjunto com o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) na emissão de alertas meteorológicos.

Estiveram presentes na reunião representantes das secretarias de Saúde (SES-MG)Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra)Desenvolvimento Social (Sedese)Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad)Governo (Segov), Secretaria-Geral, Fazenda (SEF), Planejamento e Gestão (Seplag), além da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), Corpo de Bombeiros (CBMMG)Polícia Militar (PMMG)Polícia Civil (PCMG)CopasaCemig, Igam e Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DER).

Ações

Entre as ações desenvolvidas pelo Estado está o pagamento antecipado do Piso Mineiro de Assistência Social Fixo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedese), a 101 cidades castigadas pelas fortes chuvas que atingem Minas nos últimos dias. Ao todo, R$ 3,4 milhões serão repassados aos municípios que tiveram a situação de emergência decretada pelo Governo do Estado. As parcelas antecipadas do Piso Mineiro são referentes aos meses de janeiro, fevereiro e março. O governo, ainda por meio da Sedese, também está atuando na capacitação e orientação dos municípios sobre o cofinanciamento federal para o Serviço de Proteção em Calamidades Públicas e Emergência e sobre o adiantamento do calendário do Bolsa Família.

Zema também já publicou decretos declarando 101 municípios de Minas em situação de emergência. O reconhecimento da condição permite mobilizar todos os órgãos estaduais para atendimento e reparação dos estragos causados pelas chuvas, sob a coordenação da Defesa Civil mineira. Além disso, os decretos dispensam de licitações as contratações de serviços temporários e as compras consideradas essenciais para o enfrentamento de dificuldades. O prazo de validade é de 180 dias.

Além de sobrevoar e visitar municípios atingidos pelas chuvas, Romeu Zema se reuniu no último domingo (26/1) com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, que anunciou a liberação de cerca de R$ 90 milhões aos estados para a reconstrução das áreas danificadas pelos temporais.

Balanço

O último balanço divulgado pela Defesa Civil, na tarde desta terça-feira (28/1), traz a confirmação de 52 óbitos em decorrência das chuvas no Estado. Outras 28.893 pessoas estão desalojadas e 4.397 desabrigados.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *