Super banner
Super banner

Santa Casa aguarda reforma geral nas instalações do antigo PAM

Santa Casa aguarda reforma geral nas instalações do antigo PAM

Vereador Raphael Rios abordou, no uso da tribuna nesta quinta (29), sobre a situação precária que se encontram as instalações da Santa Casa de Misericórdia que abrigavam o antigo Pronto Atendimento Municipal (PAM).

As informações foram apresentadas pela diretoria da entidade em recente reunião com o provedor Antônio Ribeiro da Silva, com a superintendente Wagna Lúcia Alves, e com o tesoureiro Sebastião dos Reis Felizardo.

A diretoria disse que aguarda a reforma geral do espaço pela Prefeitura de Araxá, conforme contrato, desde que o serviço de urgência e emergência da Secretaria Municipal de Saúde passou a operar na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), inaugurada em dezembro de 2017, na avenida João Paulo II.

De acordo com o vereador que teve acesso ao contrato de comodato do imóvel, o Município está descumprindo cláusulas que estipulam a obrigatoriedade da obra após a saída do espaço.

O PAM funcionou na Santa Casa entre 2009 e 2017. Os principais problemas apontados são os danos no telhado. No período de chuva, infiltrações e mofo comprometem a maioria das acomodações, além da necessidade de pintura, conserto de fechaduras, reparos elétricos e outras medidas.

A Santa Casa relatou ao vereador Raphael Rios que a Secretaria Municipal de Obras esteve no local por duas vezes desde a inauguração da UPA para análise da reforma, mas não foi informada sobre o início da obra.

O vereador destacou no seu pronunciamento que a reforma do espaço é imprescindível para que a Santa Casa possa desenvolver projetos de saúde com objetivo de ampliar sua rede de atendimento, além de minimizar o seu déficit financeiro, tendo em vista que há atraso de repasses do Estado e a defasada tabela do Sistema Único de Saúde (SUS) não cobre integralmente as despesas.

Raphael Rios apresentou requerimento ao prefeito Aracely de Paula e ao secretário de Obras Públicas e Mobilidade Urbana, Sebastião Donizete de Souza, reivindicando o cumprimento do contrato para a reforma geral das acomodações do antigo PAM.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *