Super banner
Super banner

TRE absolve Jeová e Edna em processo referente à circulação de revista institucional

TRE absolve Jeová e Edna em processo referente à circulação de revista institucional

Jeová e Edna - Foto: PMA

DA REDAÇÃO – O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) absolveu por unanimidade a ação de investigação eleitoral movida pela Coligação Unidos Podemos Mais, que teve os candidatos derrotados nas eleições passadas Aracely de Paula (PR) e Lídia Jordão (PP) a prefeito e vice, respectivamente, contra o prefeito reeleito Jeová Moreira da Costa (PDT) e vice Edna Castro (PSDB), em sessão promovida na noite desta terça-feira (24).

A ação denuncia que os candidatos vencedores teriam cometido abuso do poder econômico e político pela confecção de 20 mil exemplares de uma revista com propaganda institucional das ações da administração 2009/2013 para benefício da campanha de reeleição, distribuída pouco antes do período eleitoral.

O parecer do Ministério Público indicou a prática denunciada e propôs a cassação dos mandatos da prefeita e da vice, mas a juíza relatora do processo, Alice de Souza Birchal e outros cincos desembargadores votaram pela absolvição.

Da decisão cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Outros quatro processos ainda tramitam na Justiça contra os candidatos vitoriosos.

Notícias relacionadas