Super banner
Super banner

Urciano comanda a vitória do Vila

Urciano comanda a vitória do Vila

O Vila Nova foi um visitante indigesto para o Trianon, na partida da manhã de hoje (2), no Mangabeiras, pela 12ª rodada do Amador. Com dois gols de Urciano e um de Arlem, o Vila conseguiu os três pontos e subiu da oitava para a sexta colocação. Na próxima rodada, o Trianon, que permaneceu na nona colocação, tem o Tiradentes pela frente; o Vila encara o Ferroviário.

> Classificação do Amadorão
>
Tabela de jogos do Amadorão

Uma vez Urciano

O Vila Nova não teve dificuldades em abrir o placar, logo aos 6 minutos. Após vacilo na defensiva do Trianon, Diogo aproveitou para encontrar Urciano livre na área. O atacante recebeu o passe e tocou na saída de Romero para fazer 1 a 0.

O gol deu uma tranquilidade maior ao Vila, que passou a tocar a bola e esperar o Trianon no campo de defesa. A equipe do treinador Fernandinho teve algumas chances, todas em jogadas de bola parada, mas não soube concluir bem.

Tentando encaixar um contra-ataque, o Vila quase fez mais um no finzinho do primeiro tempo com Everton Negão. Ele desceu bem ao ataque e chutou forte, mas Romero fez ótima defesa e desviou para escanteio.

Gol relâmpago

A esperança do Trianon de empatar a partida tomou um banho de água fria no primeiro minuto do 2º tempo. Urciano recebeu lançamento da esquerda, dividiu pelo alto com Edinho e conseguiu tocar para o fundo do gol. Romero ainda tentou defender, mas não conseguiu evitar que o Vila ampliasse o placar.

Mesmo com a desvantagem, o Trianon não deixou de buscar o ataque e, por pouco, não diminuiu. Aos 26, Waltinho dominou a bola dentro da área, fez bem o pivô e chutou de perna esquerda, com o goleiro Ricardo já batido, a bola desviou na zaga e foi para escanteio.

A partida ficou quente, o treinador Willians Batista foi expulso por excesso de reclamação e viu o terceiro gol de sua equipe do lado de fora. A arbitragem viu falta inexistente de Zé Renato em Alex Ibiá, depois de dividida de bola. Na cobrança, Eto’o, que tinha acabara de entrar no lugar de Renê, cruzou para Arlem. O atacante, que substituiu Diogo, meteu a cabeça na bola e deu números finais à partida.

Ficha técnica

Trianon: Romero, Goteira (Fábio), Amaral, Alex Ibiá e Feijão; Edinho (Rodrigo), Xandinho (Otávio), Dione (Jonathan) e Luiz Fernando; Waltinho e Maiquinho. (Paulo Vítor).
Treinador: Fernandinho.

Vila Nova: Ricardo, Fernando, Igor e Renê (Eto’o); Zé Renato (Saulo), Lineker, Dudu, Anselmo, Diogo (Arlem) e Everton Negão (Claudinho); Urciano. (Renatinho).
Árbitro: Denílson Moura.
Auxiliares: Noel Pereira França e Sebastião Prosolino.

Cartões amarelos: Zé Renato, Anselmo e Dudu (Vila Nova); Alex Ibiá, Waltinho e Maiquinho (Vila Nova).

Gols no 1º tempo: Urciano, aos 6 minutos.

Gols no 2º tempo: Urciano, no primeiro minuto, e Arlem, aos 37.

Notícias relacionadas