Vereador Zidane e mais 24 pessoas são indiciados por compra e venda de votos

Vereador Zidane e mais 24 pessoas são indiciados por compra e venda de votos

Em coletiva realizada nesta quinta-feira (15), a Polícia Civil de Araxá apresentou a conclusão do inquérito que indiciou o vereador Zidane (Ricardo Assis Gianvechio) por infringir o art. 299 do Código Eleitoral.

O vereador, seus assessores e 20 eleitores vão responder por corrupção ativa/passiva em face da compra/venda de votos no último pleito eleitoral. Ao todo, 25 pessoas foram indiciadas. O vereador responde 24 vezes pelo mesmo crime.

Em entrevista, o delegado responsável pela investigação, Conrado Costa da Silva, pontuou que as infrações são corroboradas por provas materiais e testemunhos. A princípio, o vereador já havia sido indiciado também por crime eleitoral, ao fraudar o valor de uma nota fiscal, ao qual é réu confesso.

Em nota, a defesa do vereador declarou que “ele nega veementemente que tenha comprado qualquer voto durante a campanha eleitoral, afirmando que irá demonstrar a sua inocência no decorrer de eventual processo criminal que por ventura possa responder”.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x