Super banner

Vereadores debatem a situação financeira do Araxá Esporte

Vereadores debatem a situação financeira do Araxá Esporte

Os vereadores Evaldo do Ferrocarril e Luiz Carlos Bittencourt foram os solicitantes de um Fórum Comunitário que debateu a situação financeira do Araxá Esporte Clube. O Ganso vive dias de incerteza, passando por dificuldades para pagar as despesas, com salários dos jogadores em atraso e impedido de inscrever novos jogadores no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF devido a dívidas trabalhistas.

O evento ocorreu na manhã de quarta-feira (01), no Plenário da Casa da Cidadania. A sessão foi marcada por um intenso debate e pela participação efetiva dos convidados e do público presente. Além dos vereadores, participaram da sessão o Presidente do Araxá Esporte Clube, Jeferson Leite, Dr. Antônio Carlos representando a Procuradoria da Prefeitura Municipal, o Presidente do Conselho Deliberativo, Paulo Silva, e a Presidente do Conselho Fiscal, Lúcia Helena Aparecida. Também estiveram presentes outros membros da diretoria e dos conselhos do Clube, integrantes da torcida Jovem Ganso e Pavilhão Alvinegro, imprensa e comunidade.

Na abertura do encontro, Luiz Carlos falou sobre a necessidade de união em momentos de dificuldade, como o que o clube enfrenta. Já Evaldo destacou que o legislativo precisa estar atento a todos os problemas da cidade, inclusive os que dizem respeito ao futebol.

O advogado Dr. Antônio Carlos esclareceu que, devido às dívidas, o Araxá Esporte Clube não tem certidões negativas, por isso todo o dinheiro que entra no caixa é bloqueado pela justiça. A solução encontrada pela prefeitura foi pagar de forma direta os fornecedores do clube. No entanto, ele apresentou um documento da justiça que impede a Prefeitura de continuar custeando essas despesas.

Jeferson Leite agradeceu o cuidado da Câmara em marcar a sessão para debater e buscar soluções para a situação do clube e esclareceu sobre as dívidas do time, que somam mais de 5 milhões de reais, contraídas em diferentes gestões.

Como presidente do conselho fiscal, Lúcia afirmou que o Fórum foi importante para trazer respostas que ela estava buscando. Na opinião da presidente do Conselho, existe a necessidade de contratação de uma auditoria para verificar a real situação financeira do clube, pois ela afirma ter detectado possíveis irregularidades.

Os vereadores participaram com perguntas para entender melhor sobre as finanças do Clube, falaram sobre a importância da união de esforços dos diversos segmentos para manter o Ganso no campeonato. Por fim, eles destacaram o empenho e heroísmo dos jogadores, que apesar das dificuldades enfrentadas, estão lutando a cada dia para seguir em frente na segunda divisão do campeonato mineiro.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *