Acia participa do 21º Congresso da CACB em Salvador

Acia participa do 21º Congresso da CACB em Salvador

A Associação Comercial e Industrial de Araxá (Acia) esteve presente no 21º Congresso da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), realizado durante a última semana, em Salvador. O evento contou com a presença de representantes do segmento de todo o Brasil e reuniu mais de 1,1 mil pessoas.

A delegação de Minas Gerais formada com cerca de 30 cidades e mais de 100 pessoas foi a maior do congresso. O presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Minas Gerais (Federaminas), Wander Luis Silva, fez um balanço positivo do encontro e parabenizou a comitiva de Araxá, que através da Acia teve presença marcante no congresso.

O presidente da CACB, José Paulo Dornelles Cairoli, fez a abertura oficial do congresso, juntamente com o governador da Bahia, Jaques Wagner. O encontro que comemorou os 200 anos da Associação Comercial da Bahia, a primeira do Brasil, discutiu a realidade das micro e pequenas empresas, e como dar um salto para o futuro ouvindo empresários, dirigentes de instituições financeiras e entidades governamentais.

Araxá participou do encontro através dos diretores da Acia. Além do presidente Marcio Antonio Farid e do vice da Federaminas, Emílio Parolini, também estiveram presentes o primeiro-tesoureiro Alexandre Matizonkas; a segunda-tesoureira Marinez Gotelip Borja de Oliveira, que também preside a Câmara Estadual da Mulher Empreendedora; o diretor de Marketing e Relacionamento, Antonio Nogueira Lima Júnior, o presidente da Câmara do Distrito Industrial, Jaime Sánchez Rozo; a presidente da Câmara da Mulher da Acia, Valéria Sena de Oliveira; além de Regina Gaspar e Marinete Campos de Melo.

Araxá ainda marcou presença no congresso em Salvador com a figura histórica de Dona Beja. A lendária Anna Jacintha de São José foi representada pela modelo Maria Lucia Sampaio Borges (Malu), que distribuiu farto material publicitário apresentando os principais pontos turísticos de Araxá.

Dona Beja também presenteou os participantes do congresso da CACB com doces de Araxá e com a famosa cachaça produzida na cidade. O governador Jaques Wagner, assim como dezenas de outras pessoas, fez questão de ser fotografado ao lado da representante da história de Araxá.

Na pauta do congresso, assuntos como empreendedorismo, mediação e arbitragem, certificação digital e nota fiscal eletrônica. Paralelamente ao encontro, que reuniu empreendedores de todas as regiões do país, a CACB abriu espaço para discussões simultâneas sobre as micro e pequenas empresas em eventos como o 8º Congresso Estadual do Empreendedor, o 9° Encontro Estadual do Varejo Vivo e Fórum Nacional de Jovens Empresários e o 8º Encontro Nacional das Mulheres Empresárias. Também foi promovido o 9º Encontro do Empreender, o 6º Workshop de Mediação e Arbitragem – programas desenvolvidos em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

As micro e pequenas empresas protagonizam o 21º Congresso da CACB. Lideranças empresariais e governo federal, além de especialistas das mais diversas áreas, se reuniram em Salvador para debater os assuntos de interesse da classe empresarial. Empreendedorismo, resolução de conflitos, negociações transnacionais e o novo consumidor brasileiro foram alguns dos assuntos de destaque no encontro que aconteceu no Hotel Pestana.

Marcio Farid diz que o encontro em Salvador foi muito interessante e a participação da Acia foi importante entre outros fatores por ter a oportunidade de divulgar Araxá e o congresso da Federaminas, que acontecerá em outubro, no Tauá Grande Hotel.

“Fizemos vários contatos com presidentes de associações comerciais de várias cidades mineiras e trocamos experiências com diversas lideranças empresariais de outros Estados. O tema do congresso foi muito bem desenvolvido e participamos de debates relevantes. Particularmente gostei da discussão em torno da Câmara de Conciliação e Arbitragem que poderemos inclusive implantar em Araxá.”

 O presidente da Acia ficou satisfeito com o que viu durante o congresso. “A gente aprende também conhecendo o que os nossos colegas de outras partes do Brasil estão fazendo. O encontro foi muito produtivo, tivemos a oportunidade de convivermos com presidentes de associações comerciais de praticamente todos os Estados brasileiros e saímos do congresso enriquecidos com novos conhecimentos. Ficou comprovada a importância relevante das associações comerciais para o desenvolvimento econômico e social em todo o Brasil”, conclui Farid.

Emílio Parolini afirma que o 21º Congresso da CACB representou uma ótima experiência para todos os seus participantes. “O evento foi realmente muito produtivo e para Minas Gerais, que esteve presente com a maior delegação do evento, foi muito importante para mostrar a força da Federaminas e a integração que está sendo proporcionado aos empreendedores mineiros.”

Segundo Parolini, a troca de experiências, os debates e as palestras abordaram assuntos de grande interesse para os empresários o que agradou bastante a todos os presentes.

“A realidade da micro e pequena empresa, assim como as ações que devem ser priorizadas pelas lideranças empresariais foram discutidas com especialistas de todo o Brasil. O tema central ‘Salto para o futuro – Facilitando Caminhos’ foi tratado com objetividade e dinamismo.”

A programação teve também um painel internacional que contou com a presença de líderes da Alemanha, África do Sul, Colômbia e Timor Leste. O 22º Congresso em 2012 já tem candidatos interessados em sediá-lo, entre os favoritos estão os Estados do Pará, Mato Grosso, Paraná e Minas Gerais.

Notícias relacionadas