Araxaense é condecorado com Medalha do Mérito Rural

Araxaense é condecorado com Medalha do Mérito Rural

Em reconhecimento à contribuição para o fortalecimento do agronegócio em Minas Gerais, bem como o trabalho social quem vem sendo realizado com a juventude da zona rural de Araxá, o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Araxá, Alberto Adhemar do Valle Júnior, foi condecorado com a medalha do Mérito Rural 2015, em solenidade realizada pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), na noite desta terça-feira (7), no Teatro Bradesco, em Belo Horizonte.

O homenageado é também presidente da Cooperativa Agropecuária de Araxá (Capal) e vice-presidente da Faemg. O vice-governador do Estado de Minas Gerais, Antônio Andrade; e o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, João Cruz, participaram da cerimônia.

De acordo com o presidente da Fiemg, Roberto Simões, os programas de capacitação oferecidos pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Araxá aos jovens do campo consistem em um incentivo ao agronegócio e contribuem com subsídios para a formação de novos empreendedores rurais. “O sindicato de Araxá, por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), vem realizando um grande projeto social com a juventude”, reconheceu. “O Senar abraçou esse projeto, e nós também vamos abraçar”, declarou. Ainda, para o presidente da Faemg, o agronegócio é o setor competitivo que mais vem gerando emprego e renda no Estado. “Somos um setor resistente às crises, pois geramos produtos essenciais à vida”, avaliou. De acordo com dados apresentados pela Faemg, a renda do agronegócio mineiro estimada para este ano é de R$ 164.618 bilhões, correspondendo a 13,59% do Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio nacional e 42% do PIB mineiro.

O vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade, destacou a importância do agronegócio para assegurar o crescimento econômico do País em tempos de crise e recessão econômica. “Em todas as crises que este País enfrentou, o setor do agronegócio foi responsável por segurar a balança econômica. Nesta crise não está sendo diferente”, ressaltou. Nesse sentido, segundo ele, o governador Fernando Pimentel tem a consciência da importância do agronegócio para a ascensão da economia mineira e, por isso, está empenhado em dispor dos meios necessários para alavancar a produção agrícola e pecuária no Estado. Nessa mesma linha, o deputado estadual Bosco, que também participou da cerimônia, destacou que o setor do agronegócio é o segmento que mais pode contribuir para o País superação da crise econômica e, por isso, a importância de reconhecer e homenagear os grandes e pequenos produtores rurais do Estado.

Já o araxaense homenageado, Alberto Adhemar do Valle Júnior, destacou a atuação do sindicato de Araxá na consolidação da produção do agronegócio no município. “Nossa atuação é muito forte. Trabalhamos com sucessão familiar, ajudamos o secretário de agricultura de Araxá a definir as prioridades do município, atuamos em conjunto com as cooperativas para venda de café, leite e grãos e preparamos o jovem homem do campo”, pontuou.

Ainda, na solenidade, foram homenageados os sindicatos dos produtores rurais de Monte Alegre de Minas, de Passos, de Pompéu, de Serro; os produtores rurais Clécio Azevedo Vilela, Décio Bruxel, Edvaldo Alkimim, Getúlio Wolf, Grupo Sekita, Henrique Dias Cambraia, Massato Hatsuia, Odair Antônio Cenci, Sônia Maria de Paula Rezende e Wilson Pires; a revista Balde Branco; e o técnico-centífico, José Edgar Pinto Paiva.

O prêmio máximo concedido pela Faemg, a Grande Medalha do Mérito Rural, foi para o engenheiro agrônomo e doutor em economia rural Eliseu Roberto de Andrade Alves.

Com Guilherme Scarpellini

Notícias relacionadas