Empresários de Araxá participam do 1º Encontro do Setor Sucroenergético 

Empresários de Araxá participam do 1º Encontro do Setor Sucroenergético 

O 1º Encontro de Negócios do Setor Sucroenergético reuniu 50 empresários de Araxá, Uberaba e Conceição das Alagoas com três usinas do setor. Iniciativa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) integra o Projeto da Cadeia Produtiva do Petróleo, Gás e Energia de Uberaba e Região, executado desde 2013.

O evento, realizado em Uberaba, na semana passada, foi uma parceria com a Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (Siamig) e com a Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), tendo como objetivo criar uma rede de relacionamento empresarial, a partir do contato direto entre as pequenas empresas fornecedoras e as grandes compradoras, visando a geração de novos negócios.

“Nós temos duas opções, a primeira é parar, observar o momento negativo, chorar e reclamar. A segunda opção é trabalhar muito, buscar negócios, inovações e alternativas para fazer diferente. Embora os nichos se apertem, as oportunidades não deixam de existir. Os empresários que participaram do Encontro de Negócios optaram pela segunda opção”, comentou o gerente da regional Triângulo do Sebrae, William Rodrigues Brito.

Foram realizadas 130 reuniões de negócios. O presidente da Siamig, Mário Campos, frisou a abertura das usinas em contratar empresas da região. “Estamos cada vez mais competitivos. Minas Gerais exporta 70% do açúcar produzido. Em 2015, começou a valer a redução da alíquota do ICMS do etanol, de 19% para 14%, o que impulsionou as vendas. Nós temos, ainda, a bioeletricidade, ou seja, a energia elétrica, que tem tendência extraordinária de crescimento, com foco na agenda climática”.

“Foi um encontro bem produtivo. Compensou porque a gente sabe que esse contato com as usinas é bem complicado, então, foi uma oportunidade de apresentar nosso trabalho. A expectativa é fechar uma parceria para fornecer serviços e produtos”, revelou a empresária Ileide do Carmo Cruvinel, da Eletrocardiesel Araxá.

O contato foi também positivo para o Breno Ferreira Rios, representante da empresa Analítica Química, que atua no ramo de soluções químicas desde 2006. “Foi uma ótima oportunidade. Conseguimos tirar proveito do momento e iremos, em breve, reforçar o contato para uma parceria”, finalizou.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: