Super banner
Super banner

Livro “Noites de chuva” é inspirado na infância da araxaense Rosa Bernini

Livro “Noites de chuva” é inspirado na infância da araxaense Rosa Bernini

Rosa Bernini e o livro

A araxaense Rosa Bernini, coordenadora do Núcleo Pedagógico da Woli Consultoria e Treinamento, foi fonte de inspiração para a produção do livro “Noites de chuva” (Editora Globinho), de Anna Claudia Ramos.

A obra infantil, lançada em setembro, relembra fatos da vida de Rosa quando criança. Situações que estimularam um amor incondicional pela leitura graças à sabedoria de sua mãe, que soube proteger os filhos e transformar uma noite chuvosa em uma deliciosa viagem.

Noites de Chuva

Criança que tem imaginação fértil não precisa de muito para se transportar para um mundo de sonhos, onde criaturas fantásticas dividem espaço com os anseios típicos da infância. É isso o que acontece durante uma noite de chuva na casa de Rosinha e Zezinho.

Para navegar nessa aventura vale tudo, até barco feito de lençol. Os irmãos, protagonistas do livro Noites de chuva, transformam uma noite chuvosa em uma deliciosa viagem. Monstros, rodamoinhos e outros perigos de uma expedição marinha tornam pequenas as inseguranças reais que a chuva lhes traz. Para completar, a presença da mãe garante o acolhimento e o afeto presentes na incrível experiência – que só termina quando o dia chega e o sono atinge os aventureiros.

Os cenários e personagens do livro ganham destaque nas tocantes ilustrações, assinadas por Anielizabeth, que parecem ter saído da mente criativa das crianças.

A autora

Anna Claudia Ramos é mestre em Ciência da Literatura pela UFRJ, escritora e ilustradora. Já fez teatro, foi professora de literatura infantil e juvenil, trabalhou em biblioteca comunitária, na FNLIJ e foi presidente da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ). Viaja pelo Brasil fazendo palestras e oficinas sobre sua experiência com os livros e seu processo criativo.

A ilustradora

Anielizabeth é especialista em literatura infantil e juvenil pela UFRJ. Já fez teatro e trabalhou com figurinos. Passou a ilustrar livros quando começou a contar histórias para os seus alunos. Atualmente dá cursos sobre ilustração e processo criativo no Sesi e no Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler), e coordena a AEILIJ-RJ.

Capa do livro

Notícias relacionadas