Super banner
Super banner

Produtores da Capal participam de programa de recuperação de áreas verdes

Produtores da Capal participam de programa de recuperação de áreas verdes

Grax-Capal - Divulgação

Os produtores do Grupo Rainforest Alliance de Araxá (Grax-Capal) iniciaram a implantação de um plano ambiental para enriquecer as áreas verdes de suas propriedades. Dez produtores que participam do projeto de certificação socioambiental já realizaram as inscrições das suas fazendas, 14 no total, no Programa de Recuperação de Nascentes e Matas Ciliares desenvolvido pela Capal. O objetivo é promover a conservação ambiental, o desenvolvimento econômico da propriedade e a melhoria na qualidade de vida dos trabalhadores e dos produtores rurais, estimulando a produção responsável.

O plano ambiental tem como objetivo geral o estabelecimento de diretrizes que deverão ser utilizadas visando o desenvolvimento sustentável, contribuindo para preservação do meio ambiente e buscando a adequação ambiental exigida pela Norma da Agricultura Sustentável, uma vez que é a norma regulamentadora para que a propriedade possa ser certificada e usar o selo Rainforest Allience Certified. A execução da política ambiental do empreendimento tem como princípio fundamental a sustentabilidade, com equidade, justiça social e equilíbrio ecológico.

De acordo com a coordenadora do Grax-Capal, Vânia Schiara, o plano ambiental tem como baliza a política estadual de meio ambiente, sua legislação e a Norma da Agricultura Sustentável.

“Temos algumas metas e objetivos específicos dentro do nosso plano ambiental, como por exemplo, averbar a reserva legal; solicitar outorgas para utilização de recursos hídricos; conservar 100 % das APP, RL e remanescentes florestais nativos; colocar placas para identificação das nascentes, represas, APP, RL e remanescentes florestais; colocar placas proibitivas de caça e pesca; monitorar a fauna local, visando sua preservação e de seu habitat; implantar Plano de Conservação da Vida Silvestre; gerenciar os resíduos sólidos e líquidos; gerenciar os recursos hídricos; oferecer aos funcionários palestras periódicas sobre a conservação da fauna e flora, gerenciamento dos resíduos sólidos e líquidos; dentre outros.”

Rainforest Allience Certified

A certificação é um estímulo para os produtores que querem produzir de forma responsável, ambiental e socialmente, uma vez que agrega valor ao produto certificado. As propriedades agrícolas que cumprem os critérios da Rede de Agricultura Sustentável (RAS), concedida pelo Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), recebem o selo de aprovação Rainforest Alliance Certified™.

Desde 1992, mais de 600 certificados para mais de 60 mil empreendimentos – incluindo pequenas propriedades agrícolas familiares e grupos, assim como plantações – em 25 países cumpriram as normas da RAS em mais de 500 mil ha, para 22 tipos de cultivo: café, cacau, banana, chá, abacaxi, flores e folhagens, assim como cítricos.

Notícias relacionadas