Produtores iniciam execução do Projeto Maracujá

Produtores iniciam execução do Projeto Maracujá

A distribuição inaugural das mudas de maracujá para os produtores rurais cadastrados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural foi realizada pela prefeitura na manhã desta sexta-feira (20), na Casa do Pequeno Jardineiro (CPJ), com a participação do prefeito Jeová Moreira da Costa e dos secretários Caio Márcio Côrtes (Desenvolvimento Rural) e Miguel Alves Ferreira Júnior (Desenvolvimento Humano), além de outras autoridades.

O período de plantio pelos 50 produtores cadastrados no Projeto Maracujá na começou e se estende até março do ano que vem, totalizando 35 mil mudas (700 por produtor), abrangendo cerca de 50 hectares (500 mil m²) e produção prevista entre 20 e 30 toneladas por hectare. A colheita acontece a partir de setembro de 2010.

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Caio Côrtes, a prefeitura ofereceu todo o apoio técnico e equipamentos para a preparação do solo, além da doação das mudas em parceria com a CPJ.

 “O cultivo do maracujá pode ser feito em áreas pequenas, um, dois hectares, e que não necessita de grandes investimentos”, destaca o secretário.

Ele explica que o custo cheio (compra de todo material gasto para o plantio) é de, no máximo, R$ 18 mil por hectare.

“O custo pode cair bastante se for usada madeira da propriedade ou outro material (bambu) para dar suporte à planta. Só no primeiro ano, o produtor praticamente paga o investimento que fez. No segundo ano, o lucro é bem maior porque toda a estrutura necessária já está pronta”, ressalta Caio Côrtes.

Cada produtor terá a liberdade de comercializar a produção com indústrias de sucos e/ou abastecer o mercado interno. Os valores variam entre R$ 0,75 e R$ 0,80 o quilo.

“É mais um projeto da administração municipal que vai gerar emprego, renda e inclusão social. Os produtores estão recebendo mudas de ótima qualidade e que tiveram os devidos cuidados técnicos pela equipe do Pequeno Jardineiro”, destaca o prefeito Jeová Moreira da Costa.

Novos produtores estão previstos para serem cadastrados e integrados ao Projeto Maracujá em 2010.

Notícias relacionadas