Sobe para 11 o número de casos de dengue em Araxá

Sobe para 11 o número de casos de dengue em Araxá

Da Redação – Subiu para 11 o número de casos de dengue em Araxá confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde. Assim como no Estado, as principais causas no município são as constantes chuvas que tem acontecido após o período carnavelesco. De acordo com o levantamento, de uma semana para cá foram confirmados seis novos casos.

Segundo o secretário Antônio Marcos Belo, os número de notificações permanece o mesmo – 66 , sendo que 15 estão sendo avaliados pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte.

Ainda segundo o secretário, dos 11 casos confirmados, 10 foram registrados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e um na rede particular. “Até parar a chuva e tivermos um período de sol vamos ter alguns casos confirmados e notificações registradas. Quando a chuva reduz, a água empossa e vira foco de reprodução do mosquito aedes aegypti e, com certeza, teremos novos casos”, afirma.

No entanto, o secretário afirma que a atual situação está bem melhor em relação ao mesmo período do ano passado. “Foi quando tivemos muitos casos após o período de Carnaval. Mas, de qualquer forma, temos que ficar atentos e continuar com a prevenção que é extremamente importante, principalmente, com essas constantes chuvas”, diz.

O secretário acrescenta que os bairros que mais preocupam o município são os do Setor Norte e Oeste. “A nossa equipe realizou um arrastão nessas regiões para evitar novos casos e esperamos que essa ação tenha uma resposta positiva.”

Importância de se prevenir

As pessoas devem diariamente verificar em suas residências possíveis focos de dengue. “Com o período de chuvas temos que constantemente verificar um possível foco. Se a pessoa encontra muitos pernilongos durante a noite, provavelmente terá o aedes aegypti durante o dia porque tem locais de proliferação do mosquito. As pessoas têm que ficar atentas a reservatórios de água, caixa d’água, vasilhames, enfim, todo local que acumula água é um local propício para a proliferação do mosquito.”

Minas

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, Minas Gerais teve redução de 66% na incidência da doença nas primeiras semanas de 2011. No ano passado foram 41.932 casos e neste ano 14.241.

Mesmo com a redução, o Estado ainda é destaque negativo no ranking de casos notificados e incidência de dengue. A maior parte dos casos (53%) no Brasil foi resgitrada em cinco Estados entre eles, Minas Gerais. Duas pessoas já morreram por causa da doença e mais seis mortes estão sendo investigadas.

Notícias relacionadas