Super banner
Super banner

2° Fliaraxá traz grandes nomes da literatura em setembro

2° Fliaraxá traz grandes nomes da literatura em setembro

Arte: Diário de Araxá

DA REDAÇÃO/CAIO AURELIANO A segunda edição do Festival Literário de Araxá (Fliaraxá) está confirmada para ocorrer de 19 a 22 de setembro na Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB). Atendendo a inúmeros pedidos, o festival também reserva atrações para domingo com uma homenagem ao escritor Vinícius de Moraes.

O Fliaraxá continua com a sua proposta multicultural e pedagógica proporcionando um grande contato da população com a leitura. O 2° Fliaraxá vai ser realizado em uma grande parceria entre o Ministério da Cultura, Sempre Um Papo e Circuito CBMM de Cultura.

Anteriormente o cartunista Maurício de Souza, grande criador da Turma da Mônica iria ser o grande homenageado da segunda edição, mas a agenda cheia de compromissos impossibilitou a sua vinda a Araxá.

Quem receberá a homenagem é a escritora Adélia Prado. Ela sobe ao palco do festival em duas oportunidades; na sexta-feira (20) falando sobre o seu livro “A Poesia e a Viagem na Literatura”, às 20h e no sábado (21), sendo a grande homenageada do evento, às 11h30.

Toda a programação do festival já está disponibilizada no site www.fliaraxa.com.br. No ano passado, o festival recebeu aproximadamente 6 mil pessoas. Para esta edição, a expectativa chega a 10 mil espectadores para prestigiar as atrações do 2° Fliaraxá.

Convidados  

Adélia Prado

Adélia Prado nasceu em Divinópolis, Minas Gerais, em 1935, onde reside até hoje. Sua formação é Magistério e Filosofia. É poetisa, com grande bibliografia, incluindo “Filandras”, “Bagagem”, “O Pelicano”, O Homem da Mão Seca”, “A faca no Peito”, “Manuscritos de Felipa”, Oráculos de Maio, Quero Minha Mãe, Cacos para um Vitral, Solte os Cachorros, Os componentes da banda e Terra de Santa Cruz.

Amyr Klink

Amyr Klink é natural de São Paulo, filho de pai libanês e mãe sueca. Começou a frequentar a região de Paraty (RJ) com a família quando tinha apenas dois anos de idade. Essa cidade histórica do litoral brasileiro é o lugar que o inspirou a viajar pelo mundo. Casou-se em 1996 com Marina Bandeira, com quem tem as filhas gêmeas Tamara e Laura, nascidas em 1997 e a caçula, Marininha, nascida no ano 2000.

Evandro Affonso Ferreira

Nascido em Minas Gerais, em 1945, e radicado em São Paulo há 40 anos, Evandro Affonso Ferreira surgiu na literatura em 2000 – apresentado por José Paulo Paes. Participou de uma coletânea de contos em Portugal (Editora Cotovia) ao lado de Osman Lins, Dalton Trevisan, Samuel Rawet, Hilda Hilst, José J. Veiga, João Antonio e Sérgio Santana – organizada por Alcir Pécora. Entre os livros publicados estão: Grogotó! (Topbooks), Araã! (Hedra), Erefuê, Zaratempô!, Catrâmbias! (Editora 34), “Minha Mãe se Matou Sem Dizer Adeus” (Ed. Record) e “O mendigo que sabia de cor os adágios de Erasmo de Rotterdam” (Ed. Record)

Heloisa Schurmann

Heloisa Schurmann graduou-se como professora de inglês na New York University. Em Florianópolis, foi proprietária de uma escola de inglês com cerca de mil alunos. Leitora apaixonada do escritor francês Jules Verne, ela abandonou a vida segura em Santa Catarina para viver o sonho de se aventurar pelo mundo em família. Heloísa, que transformou seu hobby de escrever em profissão, coordena o planejamento dos projetos da Família na área educacional, faz palestras em empresas de todo o país e desdobra-se para garantir o bem-estar da tripulação a bordo. No site da Família Aventura, Heloísa escreve uma coluna semanal, na qual compartilha com os leitores sua riquíssima experiência de vida e manifesta uma sempre renovada curiosidade por descobrir coisas novas.

Humberto Werneck

Humberto Werneck nasceu em Belo Horizonte em 1945, é jornalista e escritor. Começou no jornalismo no Suplemento Literário do Minas Gerais. Mora em São Paulo desde 1970, onde já trabalhou no Jornal da Tarde, Veja, Jornal da República, Isto É, Jornal do Brasil e Elle. É cronista do jornal O Estado de S. Paulo e autor de “O Pai dos Burros” e “O Santo Sujo: A Vida de Jayme Ovalle”, entre outros livros.

Laura Muller

Laura Muller é psicóloga clínica, educadora sexual e comunicadora social. Se divide entre as palestras que faz por todo o Brasil com temas relacionados à sexualidade e relacionamentos, os atendimentos psicológicos em seu consultório e as participações como sexóloga do programa Altas Horas, da TV Globo. Escreve para o portal iG, no site iGirl, com a coluna SEXO SEM NEURAS, que vai ao ar a cada quinze dias, e faço mensalmente a coluna SEXUALIDADE para o site Bayer Jovens. Já publicou os livros “500 Perguntas Sobre Sexo” e “500 Perguntas Sobre Sexo do Adolescente, lançados pela editora Objetiva em 2001 e 2006, “Altos Papos Sobre Sexo – Dos 12 aos 80 Anos”, publicado pela editora Globo Livros em 2009, e Educação Sexual em 8 Lições – Um Guia Para Professores E Pais, recém lançado pela editora Academia do Livro.

Laura, Tamara e Marina Helena

Laura, Tamara e Marina Helena, a Marininha, são filhas do navegador Amyr Klink e da fotógrafa Marina Bandeira Klink. Juntas, escreveram o livro “Férias na Antártica”, um relato de viagem com as lembranças de cinco expedições de sua família ao continente antártico, onde focas, pinguins, baleias e muitos outros animais passam o verão. Elas sabem e entendem que o planeta precisa de cuidados e que, onde quer que as pessoas vivam, as atitudes refletem em lugares distantes.

Leila Ferreira

Leila Ferreira é formada em Letras e Jornalismo, com mestrado em Comunicação pela Universidade de Londres. Colaboradora da revista Marie Claire e autora do livro “Mulheres: por que será que elas…?” (Editora Globo), foi repórter da Rede Globo Minas por cinco anos e durante 10 anos apresentou o programa “Leila Entrevista” (Rede Minas e TV Alterosa/SBT), que produziu 13 séries internacionais e por onde passaram mais de 1,6 mil entrevistados.

Luiz Ruffato

Luiz Ruffato nasceu em Cataguases (MG) em 1961. Publicou: “Histórias de remorsos e rancores” (histórias, 1998); “Os sobreviventes” (histórias, 2000), Menção Especial do Prêmio Casa de las Américas –; “Eles eram muitos cavalos” (romance, 2001), vencedor do Prêmio APCA de melhor romance de 2001 e Prêmio Machado de Assis de Narrativa, da Fundação Biblioteca Nacional; “Come tanti Cavalli” (Milano, Bevivino Editore, 2003); “Tant et tant de chevaux” (Paris, Éditions Métailié, 2005); “Eles eram muitos cavalos” (Espinho, Quadrante, 2006); “As máscaras singulares” (poemas, 2002); “Os ases de Cataguases” (ensaio, 2002); “Mamma, son tanto Felice” (Inferno Provisório – Volume I romance, 2005) e “O mundo inimigo” (Inferno Provisório – Volume II romance, 2005), ambos vencedores do Prêmio APCA de melhor ficção de 2005); “Vista parcial da noite” (Inferno Provisório – Volume III romance, 2006) e “O livro das impossibilidades” (Inferno Provisório – Volume IV romance, 2008).

Marcel Souto Maior

Marcel Souto Maior nasceu no Rio de Janeiro (RJ). Jornalista, trabalhou nos cadernos de cultura de alguns dos maiores impressos do Brasil. Na televisão, trabalhou sempre na Rede Globo. Ingressou na emissora como editor do Fantástico, passando a editor-executivo da Globo News e supervisor de texto do programa Linha Direta. Implantou e dirigiu o programa Profissão Repórter, apresentado por Caco Barcellos. O jornalista é editor do programa Na Moral, apresentado por Pedro Bial.
Pesquisador da vida e obra de Chico Xavier (1910-2002), escreveu livros sobre o médium, sendo que um deles originou o longa-metragem “Chico Xavier – O Filme” (2010). É autor das seguintes obras: “As Vidas de Chico Xavier” (Planeta); “As Lições de Chico Xavier” (Planeta); “Por Trás do Véu de Ísis” (Planeta); “Se É Para Brincar, Eu Também Gosto: Um Perfil Biográfico de Sonia Lins” (Casa da Palavra); “Almanaque TV Globo” (Globo); “Chico Xavier – Edição Comemorativa 100 Anos” (Planeta), e “Chico Xavier: O Livro do Filme de Daniel Filho” (Leya).

Fundador do grupo O Rappa, Marcelo Yuka foi baterista e principal letrista. Considerado um grande compositor e um dos artistas mais engajados de seu tempo, Marcelo é uma importante liderança social. As letras críticas e contundentes marcaram sua trajetória de sucesso. Músico, compositor, ativista, palestrante, poeta, ele é um artista completo, que propaga soluções humanizantes para o grave problema da violência no país.

Marcia Tiburi

Marcia Tiburi é graduada em filosofia e artes e mestre e doutora em filosofia. Publicou diversos livros de filosofia, entre elas as antologias “As Mulheres e a Filosofia”, “O Corpo Torturado”, e “Mulheres, Filosofia ou Coisas do Gênero”, “Seis Leituras Sobre a Dialética do Esclarecimento”. Em 2008 publicou “Filosofia em Comum – Para Ler Junto” (Ed. Record). Para crianças, publicou o infantil Filosofia Brincante (Ed. Record). Em “Olho de Vidro, A Televisão e o Estado de Exceção da Imagem (Ed. Record), fez uma reflexão sobre o veículo de comunicação.
No romance, Marcia se destaca por “Magnólia” (Ed. Bertrand Brasil), indicado em 2006 ao Jabuti de melhor romance, “A Mulher de Costas” em 2006 (Ed. Bertrand Brasil). Em 2009, com o romance O Manto (Ed. Record), finalizou a série intitulada Trilogia Íntima. Em 2012 publicou mais um romance, “Era Meu esse Rosto” (Ed. Record).
Escreveu para várias revistas e jornais e desde 2008 é colunista da Revista Cult.

Marina Kink

Marina Klink é fotógrafa. Desde os anos 80 registra temas ligados à natureza, especialmente paisagens polares. Colabora para veículos como National Geographic Brasil, Revista da Folha, Revista Caras, Trip, Tpm, Revista Serafina, entre outros. Seus registros fotográficos já foram destaque na exposição Optimist 30 anos, National Geographic Channel, Latitude 90. O livro “Férias na Antártica” de autoria das suas 3 filhas, é totalmente ilustrado com suas fotografias. Marina é fotógrafa associada da agência gettyimages.

Mary Del Priore

Mary Del Priore é especializada em História do Brasil, reconhecida por transformar fatos históricos em crônicas. Com mais de 20 livros publicados, Mary recebeu diversos prêmios, entre eles o Jabuti por “História da Vida Privada” e “História das Mulheres no Brasil”. Publicou também “Uma Breve História do Brasil”, em conjunto com Renato Venancio, e o mais recente, “A Carne e o Sangue – A imperatriz D. Leopoldina, D. Pedro I e Domitila, a Marquesa de Santos”. Lecionou em diversas universidades do país e continua dando aulas. Atualmente, mora em uma chácara, na região serrana do Rio.

Roberto Carlos Ramos

Roberto Carlos Ramos é Pedagogo, Mestre em Educação pela Unicamp, Pós-Graduado em Literatura Infantil pela PUC-MG, membro da Associação Internacional dos Contadores de Histórias e Valorizadores da Expressão Oral Mundial, sediada em Marselha (França). Em 2001 foi eleito como um dos dez maiores contadores de histórias da atualidade em Seattle, nos Estados Unidos.

Rubinho do Vale

Rubinho do Vale é cantador mineiro das terras do Jequitinhonha com vários discos gravados sendo sete dedicados às crianças. Sua música é retrato fiel do Vale e do Brasil, assim esse cantador é cada dia mais regional e cada vez mais universal, mais sonhador e mais autêntico. São folias, toadas, batuques, xotes e baiões, falando das coisas do interior, da vida e da esperança do povo brasileiro. As letras de suas músicas estão em livros de muitas editoras, como FTD, Moderna, Do Brasil, Miguilim, Positivo, Lê, entre outras.

Ruy Castro

Ruy Castro nasceu em 1948, em Cartinga, Minas Gerais. Começou como repórter em 1967, no Correio da Manhã, do Rio, e passou por todos os grandes veículos da imprensa carioca e paulistana. A partir de 1990, concentrou-se nos livros. Publicou, entre muitos outros, as biografias de Carmen Miranda, Garrincha e Nelson Rodrigues, e obras de reconstituição histórica, sobre a Bossa Nova, Ipanema e o Flamengo. É cidadão benemérito do Rio de Janeiro.

Notícias relacionadas