Araxá terá testes em massa para diagnosticar Covid-19 a partir desta semana, diz Secretaria de Saúde

Araxá terá testes em massa para diagnosticar Covid-19 a partir desta semana, diz Secretaria de Saúde
Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde inicia a partir da próxima quinta-feira (1°) a testagem em massa da população de Araxá para diagnosticar a contaminação pelo novo coronavírus. Milhares de testes de PCR serão utilizados no município.

A Secretária de Saúde, Diane Dutra, explica que a estratégia foi definida através de orientação do biólogo Fernando Reinach, especialista em biologia molecular, professor titular do departamento de bioquímica da Universidade de São Paulo (USP), que defende uma proposta de testagem em massa para identificar os focos na cidade.

“Tivemos acesso ao professor Fernando Reinach, através da parceria com a CBMM (Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração) e sugestão do diretor industrial da companhia, Rogério Contato, que vem nos auxiliando bastante nas ações de combate ao coronavírus em Araxá”, revela Diane.

Segundo a secretária, o município estrutura uma estratégia, começando por segmentos de pessoas com maior risco. “Esta testagem vai nos possibilitar traçar ações especificas de combate a proliferação da Covid-19 no município. O nosso objetivo é isolar mais rapidamente possível as pessoas infectadas e poder assim fazer um trabalho direcionado.”

O prefeito Aracely avalia como altamente positiva esta iniciativa de testagem em massa da população. “Nós vamos ter o conhecimento bem claro da situação de Araxá quanto a esta doença, nós dando uma tranquilidade maior nas ações a serem tomadas e a certeza da direção a ser tomada no combate ao coronavírus. Hoje a técnica nós leva a detectar aquilo que temos que fazer em termos de saúde pública. Esta ação é extremamente importante e veio na hora certa”, afirma o prefeito Aracely.

Notícias relacionadas

7 Comentários

  1. Antônio Carlos da Silva Lana

    Como será a programação destes testes, da mesma forma da vacinação anterior?

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *