Super banner
Super banner

Ataque de cão gera desentendimento e ameaça entre vizinhos

Ataque de cão gera desentendimento e ameaça entre vizinhos

Ocorrências

Nesta quarta-feira (5), por volta das 19h, a Polícia Militar (PM) compareceu à avenida Waldomira Lemos Guimarães, no bairro Pão de Açúcar, onde, segundo um homem de 45 anos, ele possui um cão da raça pastor alemão e durante o dia quando foi estacionar seu veículo na garagem o cachorro fugiu e atacou seu vizinho de 19 anos, causando uma lesão em seu braço.

No momento da chegada da PM, os ânimos entre o dono do cão e a vítima estavam exaltados, tendo inclusive a vítima ameaçado o proprietário dizendo que havia acabado de sair da cadeia e que iria esperar o melhor momento para eles acertarem as contas.

Ainda segundo o proprietário do cão, ele se dispôs a levar o vizinho até o Pronto Atendimento Municipal (PAM), porém, ele se negou. Com a chegada da PM, o rapaz aceitou ser medicado no PAM, tendo o homem de 45 anos ficado de arcar com as despesas quanto aos medicamentos receitados pela médica que atendeu a vítima.

O boletim de ocorrência foi registrado para as demais providências.

Aeroporto

PM prende autor que dirigia embriagado

Nesta quarta-feira (5), por volta das 3h, a PM compareceu a um posto de gasolina na avenida Imbiara, Centro, onde, segundo informações, o condutor de um veículo Onix preto bateu em uma bomba de gasolina quando fazia uma manobra marcha-ré, vindo a danificá-la.

Após o ocorrido, o condutor, juntamente com os ocupantes do veículo, evadiu do local tomando rumo ignorado. De posse da placa do veículo, os policiais iniciaram um rastreamento e o localizou no bairro Aeroporto. No momento da abordagem, quem conduzia o era o autor A.S.R., 29 anos, que estava acompanhado de uma jovem de 22 anos. O condutor contou aos policiais que ele, o colega E.M.J., 40, e uma mulher foram até o posto para comprar cerveja, sendo que no momento que ele estava dentro da loja de conveniência o colega de 40 anos assumiu a direção do veículo e efetuou uma manobra de marcha-ré, vindo a chocar-se contra a bomba.

Após o ocorrido, o condutor assumiu a direção e foi embora. O autor de 40 anos foi encontrado em sua residência e confirmou a versão relatada pelo amigo, e inclusive neste momento os policiais perceberam que ele apresentava sinais visíveis de ter feito uso de bebida alcoólica, inclusive confirmando tal ato, mas se recusou a fazer o teste do bafômetro.

Já o condutor de 29 anos não apresentava sintomas de ter feito uso de bebida alcoólica, porém, os policiais constataram que os dois condutores do veículo não possuíam carteira de habilitação para dirigir.

Diante do fato, o autor de 40 anos foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil por embriaguez ao volante, sendo lavradas também as multas pertinentes para os condutores.

Notícias relacionadas