Super banner
Super banner

Clima quente entre dentistas e secretário de Saúde

Clima quente entre dentistas e secretário de Saúde

Vinte e um dos 55 dentistas da rede pública de Araxá se reuniram na noite de hoje (2) para encontrar uma forma homogênea de cobrarem do município o não pagamento do bônus de R$ 850 acordado com o prefeito Jeová Moreira da Costa no início do ano. O vereador Márcio de Paula e o secretário municipal de Saúde, Antônio Marcos Belo (Toninho Belo), também estiveram na Associação Comercial, Industrial, de Turismo, Serviços e Agronegócios de Araxá (Acia), local da reunião.

Após muita discussão e ânimos exaltados, inclusive entre os dentistas que não falavam a mesma língua, o secretário explicou o atraso e se comprometeu em liberar o pagamento até dia 13 de abril.

Em contrapartida, a classe deu um voto de confiança e permanecerá atendendo da forma que foi acordada para que não haja nenhum prejuízo à população de Araxá que necessita do serviço odontológico.

Toninho Belo disse durante a reunião que atrasos são normais e que a atitude de paralisação, nesta semana, no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), que fica em anexo as Unidades Integradas de Saúde de Araxá (Unisa), foi precipitada.

Secretário fala sobre o caso

Para o dentista Carmine Di Mambro, essa foi a única forma de chamar a atenção. “Ninguém tem medo de dentista, é como eu brinco, as pessoas têm medo de ir ao dentista, inclusive em outras reuniões fomos deixados de lado, eles (administração) falando que o problema dos médicos seria resolvido primeiro porque nós não tínhamos tanta importância e poderia ser resolvido de outra forma”, afirma.

Pela reunião de hoje, o dentista diz acreditar que ainda não foi definido o que será feito. “A primeira coisa que a gente tem que pensar é na população, são nossos pacientes e temos compromisso ético e social. Não vamos parar, mas vamos ficar em vigia até nosso problema ser resolvido”, diz.

“Esse aumento não é um aumento real de salário, é um beneficio que vamos ter por cumprimento de metas. São quase dez anos sem aumento no nosso salário. Para se ter noção, o salário de um dentista contratado para trabalhar quatro horas na prefeitura, assumindo todos os riscos cabíveis da profissão, é de R$ 840. Não sei se a população acredita que isso seja um bom salário”, acrescenta.

O porquê do não pagamento

Segundo o secretário, o pagamento necessita de aspectos legais para ser efetuado. “Toda ação nova precisa ter o conhecimento do Legislativo, isso é questão de acordo, é fácil, falta só um ajuste em um projeto, não que ele vai ser retirado, é porque tinha algumas incorreções e ele será adequado ao profissional médico e ao profissional dentista.” Ainda de acordo com Toninho Belo, após o ajuste desse detalhe será resolvida a situação.

Entenda o caso

Em fevereiro, o prefeito prometeu bônus salarial aos 55 dentistas concursados que cumprissem quatro horas de atendimento e metas de produtividade. A classe acatou ao pedido do prefeito e trabalhou dentro dos novos moldes.

No entanto, o bônus não foi pago, os dentistas não obtiveram informações sobre o atraso ou o não pagamento, e parte deles paralisou o atendimento nesta semana.  Segundo os dentistas, desde 2001 não há reajuste de salário para a classe.

Mesmo nem todos os dentistas participando da paralisação, a classe se mostrou solidária à atitude.

Notícias relacionadas