Super banner
Super banner

Em sua primeira derrota em casa, o Araxá perde de goleada para o Tupi

Em sua primeira derrota em casa, o Araxá perde de goleada para o Tupi

O Araxá perdeu a primeira em casa e de goleada de 4 a 2 para o Tupi, na manhã de hoje (19), no Fausto Alvim, em partida válida pela penúltima rodada da Taça Minas Gerais. O Ganso começou bem a partida, abriu o placar logo aos 11 minutos e teve a chance de liquidar o jogo com, pelo menos, três chances que foram desperdiçadas. O Tupi virou o marcador ainda no primeiro tempo. Na volta dos vestiários, o Araxá tentou reagir, mas falhas individuais da defensiva do Alvinegro continuaram e permitiram a goleada do Tupi.

O Araxá contou com a volta do meia Rafael Ipuã, mas jogou sem o lateral-direito Rodrigo Paulista (contundido) e o capitão Cafu (suspenso). Em seus lugares jogaram Jackson (improvisado) e Luciano, respectivamente. Na última, rodada, um empate contra o Villa Nova fora de casa garante a classificação do Araxá para a semifinal; o Tupi, já classificado, enfrenta o Uberlândia em Juiz de Fora.

Oportunidades desperdiçadas e a virada do Tupi

Nos primeiros 40 minutos do primeiro tempo, o Araxá teve a chance de liquidar a partida, mas falhas em sua defensiva permitiram a virada do Galo Carijó de Juiz de Fora. Aos 11 minutos, o atacante Cristiano abriu o placar para o Ganso. Ele recebeu um excelente passe de Rafael Ipuã, invadiu a área e chutou rasteiro no canto esquerdo do goleiro Marcelo Cruz.

O Ganso continuou pressionando a zaga do Tupi com boas jogadas pelas pontas, mas pecou na finalização. Em uma delas, Cristiano teve a oportunidade de ampliar o placar através do cruzamento rasteiro de André Nascimento pela direita, tirando Marcelo Cruz da jogada. Ele chutou de primeira na entrada da pequena área, mas a bola resvalou na zaga do Galo.

O técnico Wellington Fajardo fez duas alterações; o meia Marquinhos no lugar do volante Caetano e o atacante Alan deu lugar a Índio. Com um time mais ofensivo, o Tupi cresceu no final do primeiro e virou o jogo com as duas oportunidades que teve. O primeiro gol aconteceu aos 42 minutos através de um lançamento da intermediária para a área do Ganso. Luciano não alcançou a bola que sobrou para Leo Salino. Ele, livre, só teve o trabalho de dominar e chutar rasteiro no canto direito de Tonivan.

O segundo foi marcado pelo lateral-direto Henrique, aos 46. Ele aproveitou a sobra de um cruzamento pela direita e chutou na entrada da grande área, também no canto direito de Tonivan.

Só deu Tupi

Na volta para o segundo tempo o Tupi ampliou o placar logo no início. Aos 14 minutos, o meia Daniel recebeu passe na intermediária e partiu para cima da zaga do Alvinegro. Ele passou fácil pela defensiva e, na pequena área, chutou forte no canto direito de Tonivan, marcando um belo gol.

Após o gol, Palhinha resolveu apostar no tudo ou nada e colocou o Araxá mais ofensivo, colocando o meia Zotti e os atacantes Arthur e Kaike no lugar de Alcir, Max e Toda, respectivamente. Com isso, Luciano foi improvisado na zaga. As alterações surtiram efeito e o Ganso partiu para o ataque, mas continuou errando nas finalizações. Mesmo assim, o Alvinegro conseguiu diminuir o marcador com André Nascimento, aos 25. Após cobrança de falta de Ipuã na intermediária, no bate e rebate a bola sobrou para o atacante que só teve o trabalhar de empurrar a bola para as redes.

Com as investidas do Ganso, a marcação do Tupi gastava isolando a bola para fora do estádio e demorava bastante repor as faltas sofridas. Com o jogo aberto, o Galo ainda teve tempo de marcar mais um, aos 42. Através de contra-ataque o meio Leo Salino invadiu a área do Alvinegro pela ponta direito e cruzou rasteiro para Marquinhos. Ele bateu com o gol livre e selou a goleada no Fausto Alvim.

Ficha técnica

Araxá: Tonivan, Jackson, Carlão, Max (Arthur) e Halenn; Luciano, Alcir (Zotti), Toda (Kaike) e Rafael Ipuã; André Nascimento e Cristiano. Técnico: Palhinha.

Tupi: Marcelo Cruz, Henrique, Rucardi, Sidnei e Mendes; Caetano (Marquinhos), Daniel (Wesley), Robson e Leo Salino; Alan (Índio) e Ademilson. Técnico: Wellington Fajardo.

Gols: Cristiano, aos 11 do 1° tempo e André Nascimento, aos 25 do 2° (Araxá); Leo Salino, aos 42, e Henrique, aos 46 do 1°, Daniel, aos 14, e Marquinhos, aos 42 do 2° tempo (Tupi).

Árbitro: Marcelo Rufino dos Santos.
Auxiliares: Jair Albano Félix e Ricardo Junio de Souza.

Cartões Amarelos: Rafael Ipuã (Araxá); Marcelo Cruz, Henrique, Alan e Ademilson (Tupi).

Notícias relacionadas