Super banner
Super banner

Etapas da CIMTB Michelin de 2020 são transferidas para 2021

Etapas da CIMTB Michelin de 2020 são transferidas para 2021

As etapas de 2020 da CIMTB Michelin foram adiadas para 2021. A organização do evento fez o melhor que pôde para realizar a competição ainda este ano, adiando ao máximo a decisão, porém o cenário em relação à pandemia não mudou de forma com que o evento acontecesse com segurança para equipe, atletas e público. Assim, o calendário foi remanejado e a etapa de Congonhas deve acontecer em fevereiro de 2021, fechando o campeonato 2020. Abre a temporada 2021, a etapa de Araxá, em seguida é a vez dos competidores estrearem a pista de Taubaté e Petrópolis fecha o calendário.

Os atletas que já efetivaram as inscrições através do combo, terão as inscrições transferidas para 2021, exceto para a etapa de Araxá que foi realizada em março de 2020. Apesar do imprevisto, a organização da CIMTB Michelin está preparando novidades, dentre elas uma competição na Fazenda Sossego, em Carandaí, que está sendo estudada para que ocorra de forma segura e sem a entrada de público.

O organizador do evento, Rogério Bernardes, ressalta que a decisão não desejada, foi em comum acordo com todos os patrocinadores do evento. “A gente fez de tudo para que o calendário 2020 acontecesse nesse ano, inclusive mantivemos o projeto da pista de Taubaté que está pronta e está sendo muito elogiada pelos atletas, mas vimos que seria um risco para todos”, explicou. “Ter uma prova em Carandaí na Fazenda Sossego é uma maneira de valorizarmos os competidores por tudo que passaram em 2020. E estamos trabalhando na pista desde março para fazer um percurso inesquecível e que atenda atletas de todos os níveis independente de serem iniciantes, amadores ou profissionais. O foco é o prazer em pedalar”, completou.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x