Super banner
Super banner

Ganso abusa do direito de errar e perde com gol aos 41 do segundo tempo

Ganso abusa do direito de errar e perde com gol aos 41 do segundo tempo

Na primeira partida do returno do Campeonato Mineiro do Módulo II, o Araxá enfrentou o Poços de Caldas fora de casa, jogando no estádio Ronaldão, na manhã de hoje (22). O Ganso ficou em vantagem numérica logo aos 24 minutos, com a expulsão de Chocolate. Sem marcar no primeiro tempo, Roberto Gaúcho mudou o time para o segunda etapa e sua equipe, mesmo melhor no jogo, perdeu muitas oportunidades e foi derrotada com o gol de Baianinho completando cruzamento de Fabiano, aos 41 da etapa complementar. Na próxima rodada, o Araxá enfrenta o América de Teófilo Otoni no Fausto Alvim; já o Poços de Caldas vai a Sete Lagoas, onde joga contra o Democrata.

Classificação do Módulo II

Tabela de jogos do Módulo II

Paulão acerta a trave

O Poços de Caldas começou melhor e pressionando o Araxá, obrigando Cláudio a aparecer bem na partida. As principais chances do Ganso vieram através de Wander e Paulão, numa delas, o Alvinegro não abriu o placar por pouco.

Aos 23 minutos, Wander recebeu passe pela esquerda e cruzou para Paulão, o atacante pegou de primeira e acertou a trave do goleiro Leandro.

Logo após o lance, o Araxá ficou em vantagem numérica. O árbitro Elmivam Alves Andrade viu a agressão de Chocolate em cima de Ismair e expulsou o volante do Vulcão.

O domínio do jogo passou a ser totalmente do Araxá, mas a equipe de Roberto Gaúcho não conseguiu tirar proveito da melhor situação na partida e as oportunidades criadas pararam na defensiva do Poços.

Araxá perde o jogo e muitos gols

Roberto Gaúcho mexeu duas vezes na volta dos vestiários e deixou o Alvinegro mais ofensivo, mudando do 4-4-2 para o 4-3-3, com Toda e Rodriguinho nos lugares de Clóvis e Conrado, respectivamente.

Entretanto, o Poços de Caldas acertou na marcação nos primeiros minutos e teve as melhores oportunidades no inicio do segundo tempo. O Ganso equilibrou e passou a mandar novamente na partida, mas passou a errar muitos gols.

Aos 39, o treinador do Ganso colocou sangue novo no ataque alvinegro, Cláudio Mineiro no lugar de Paulão. Mas quem conseguiu marcar foi o Vulcão. Aos 41, o lateral-esquerdo Fabiano passou por quatro marcadores e tocou para Baianinho balançar a rede. 

Além do gol sofrido, o Araxá ainda teve Cláudio Mineiro expulso pelo segundo cartão amarelo, lembrando que o primeiro cartão ele recebeu ainda no banco de reservas.

Ficha técnica

Poços de Caldas: Leandro; Rafael (Baianinho), Tornado, Paulista e Fabiano; Leo Caixeta, Souza, Chocolate e Juninho (Alexandre Fávaro); Jeferson e Renatinho (Vinicius Ramos).
Treinador: Marcus Vinicius.

Araxá: Cláudio; Ismair, Bill, Rafael e Evandro; Clóvis (Toda), Adeílson, Conrado (Rodriguinho) e Wander; Paulão (Cláudio Mineiro) e Fabiano.
Treinador: Roberto Gaúcho.

Arbitragem: Elmivam Alves Andrade.
Auxiliares: Frederico Soares Vilarinho e Pedro Araújo Dias Cotta.

Gol: Baianinho, aos 41 minutos do 2º tempo.

Cartões amarelos: Rafael, Cláudio Mineiro (banco de reservas), Fabiano, Toda (Araxá); Fabiano, Souza, Baianinho (Poços de Caldas).
Cartões vermelhos: Chocolate (Poços de Caldas) e Cláudio Mineiro (Araxá).

Notícias relacionadas