Super banner
Super banner

Juninho propõe denominação do Centro Administrativo como Prefeito Domingos Santos

Juninho propõe denominação do Centro Administrativo como Prefeito Domingos Santos

Juninho propõe denominação do Centro Administrativo como Prefeito Domingos Santos 1

Em breve o futuro Centro Administrativo de Araxá passará a ser denominado “Prefeito Domingos Santos”. A homenagem foi uma iniciativa de um Projeto de Lei que dispõe sobre Logradouro Público de autoria do vereador Juninho da Farmácia (DEM) durante a Reunião Ordinária desta terça-feira (4), em seu pronunciamento na tribuna na Casa da Cidadania.

Juninho fez questão de destacar a importância de um grande personagem araxaense ser homenageado através de um notável empreendimento público como o Centro Administrativo que está sendo construído ao lado da sede da Câmara, e com o saudoso “Domingão” não pode ser diferente.

Filho de Armando Santos e Venina Machado Santos, Domingos Santos nasceu em 4 de agosto de 1918. Casou-se em 1944 com Wanda Carneiro Santos, com quem teve quatro filhos, e foi bancário por 30 anos. Iniciou na carreira pública sendo o vereador mais votado em 1950. Quatro anos mais tarde, foi eleito o prefeito de Araxá, cumprindo mandato de 1955 a 1958. Ainda candidatou-se a deputado estadual pelo PSD, partido que sempre atuou, e mesmo sendo o mais votado no Triângulo Mineiro, ficou na suplência. Entretanto, chegou a ocupar uma cadeira da Assembleia Legislativa em 1959.

Em 1962, foi eleito novamente prefeito de Araxá, governando a cidade entre 1963 e 1966. De 1967 a 1971, no mandato do então governador Israel Pinheiro, ocupou os cargos de chefe de Gabinete da Secretaria de Estado de Fazenda, dirigiu o Inocoop Centrab e o Tesouro de Minas Gerais. No governo Tancredo Neves, em 1983, foi nomeado conselheiro da Açominas. Dedicou-se por décadas à Santa Casa de Misericórdia de Araxá, atuando como vice-provedor, tesoureiro, secretário e conselheiro.

Recebeu várias condecorações por sua trajetória política e profissional, entre elas, a Medalha Santos Dumont. Domingos Santos faleceu aos 89 anos, no dia 8 de junho de 2008, ocasião em que foi decretado luto oficial de três dias pelo então prefeito Antônio Leonardo Lemos Oliveira.

Mesmo a população sendo conhecedora da intenção do governo anterior em denominar o Centro Administrativo com o nome de Juscelino Kubitschek, o vereador Juninho lembrou que o ex-presidente já tem o devido merecimento com seu nome presente em vários empreendimentos públicos espalhados pelo país, e em Araxá existe uma legislação que não permite a denominação repetida de logradouro público – existe uma rua na cidade denominada Juscelino Kubitschek.

Ele reiterou que a decisão em homenagear Domingos Santos surgiu em recente reunião do novo prefeito de Araxá, Aracely de Paula, ocorrido com os vereadores, na qual Juninho relatou a intenção em prestar esta homenagem e de prontidão foi acatada pelo futuro prefeito.

“Portanto, nada mais justo do que prestar esta homenagem a Domingos Santos através do Centro Administrativo. Esta já era uma vontade dos nossos colegas vereadores e de ex-prefeitos que fizeram um abaixo-assinado manifestando seus apoios a esta iniciativa. Domingos Santos foi um homem exemplar, cidadão e pai de família que fez muito por Araxá, deixou seu nome na nossa história. Tenho certeza que a população vai receber muito bem esta futura homenagem a ser prestada ao ex-prefeito Domingão”, destaca Juninho.

Em aparte, o vereador Fabiano Santos Cunha (PRB), que é neto de Domingos Santos, agradeceu em nome da família a iniciativa de Juninho em propor o Projeto de Lei, destacando ainda se tratar de uma atitude generosa que valoriza araxaenses que perpetuaram seu nome na história da cidade.

O projeto está previsto para ser apreciado e votado na próxima Reunião Ordinária.

Notícias relacionadas