Super banner
Super banner

Mulher agredida pelo filho chama a polícia, mas não é encontrada em casa

Mulher agredida pelo filho chama a polícia, mas não é encontrada em casa

ocorrências</p>

Nesta terça-feira (2), por volta das 8h, a Polícia Militar (PM) esteve na rua Pará, no bairro Leblon, onde foi solicitada por uma mulher de 50 anos que relatou que foi agredida por seu filho de 23 anos, que teria saído do presídio há pouco tempo.

No local, os policiais se depararam com o portão trancado com cadeado e marcas de sangue na calçada e meio-fio. Os policiais chamaram por alguém na casa, porém, não foram atendidos e suspeitando que pudesse ter acontecido ali um crime entraram no imóvel e seguiram as marcas de sangue que havia em toda a extensão da lateral esquerda e lavanderia, corredores, quarto, sala e ainda à meia altura de algumas paredes.

Havia alguns objetos quebrados no interior da casa, dando a entender que houve ali uma luta corporal, e roupas queimadas no quintal, porém, ninguém foi localizado no interior da casa.

Vizinhos contaram que houve discussão na casa, onde residem a mulher de 50 anos e seu filho que é usuário de drogas e realmente ele teria saído do presídio recentemente.

Os policiais realizaram contato em hospitais e em outros locais na tentativa de localizar a vítima e seu filho, porém, até o momento ninguém foi encontrado.

Notícias relacionadas