Mulher perde a vida em acidente na av. Vereador João Sena

Mulher perde a vida em acidente na av. Vereador João Sena
Foto: IML

Um acidente tirou a vida de uma mulher de 39 anos, na manhã de hoje (10), na avenida Vereador João Sena. A vítima, Cassia Nunes da Silva, estava na garupa de uma moto que se envolveu no acidente.  Segundo testemunhas, a batida aconteceu quando o condutor de um veículo Gol fez um retorno e o condutor da moto não consegui parar.

O motorista do carro, W.F. (78 anos) não teve ferimentos. Já o condutor da moto P.G.R. (27 anos) foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com ferimentos, mas a princípio, sem risco de morte.

O Corpo de Bombeiros constatou a morte de Cassia Nunes no local. O corpo dela foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia Civil já iniciou as investigações para apurar o acidente. O condutor do Gol foi ouvido na delegacia. Imagens de câmeras de segurança vão ajudar nos trabalhos de apuração.   

Notícias relacionadas

7 Comentários

  1. Itamar

    O condutor da moto está extremamente errado, numa avenida dessa em alta velocidade, pela imagem o carro já estava terminando a conversão e o motoqueiro envez de diminuir a velocidade acelerou mais e passou pela direita. Aqui em Araxá de 10 motoqueiros, 8 fazem passagens pela direita e se exaltam com motoristas. É só as câmeras da cidade monitorarem esse comportamento que irão ver que tem muito motoqueiro na cidade que invez de tirarem CNH, tiram é porte de arma pra sair no trânsito cometendo cagadas como essa e matando pessoas

    Responder
  2. Denise

    Em primeiro lugar aquele contorno não deveria existir.
    O único erro do motoqueiro foi a velocidade alta, o responsável pelo acidente é o condutor do carro, que além de não parar no contorno, que era obrigado, 50 metros acima tem um contorno certo p essa manobra.
    A mão era do motoqueiro.

    Responder
  3. Marcelo Ganzarolli

    Além de todas as outras coisas, esse retorno deve ser fechado. Esse foi apenas um dos vários e vários acidentes que aconteceram ali. Mesmo que façam a sinalização correta não vai resolver. O retorno deve ser fechado.

    Responder
  4. William

    Em Araxá se tiver 200 anos de idade e falhando os circuitos neuronais ainda se pode conduzir um carro.

    Responder
  5. Luciano

    Nesse caso não sei de quem é a culpa, mas a policia deveria intensificar um monitoramento em cima dos motoqueiros em Araxá, virou uma loucura! Não respeitam sinalizações, fazem ultrapassagens em alta velocidade tanto pela direita como esquerda e o pior é que acham que estão sempre com a razão.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *