Super banner
Super banner

Pássaros silvestres eram mantidos em cativeiro em propriedade rural

Pássaros silvestres eram mantidos em cativeiro em propriedade rural

Foto: PM de Meio Ambiente

Nesta quinta-feira (28), durante verificação de denúncia anônima referente à caça de animais silvestres na região da Serra, divisa entre os municípios de Araxá e Sacramento, a Polícia Militar de Meio Ambiente e Polícia Militar de Trânsito Rodoviário, ao fiscalizar uma propriedade rural denominada “Fazenda da Serra”, se depararam com vários animais silvestres mantidos em cativeiro. A propriedade pertence ao autor J.M.F..

No local, estava somente a mãe do proprietário, uma mulher de 80 anos. Em conversa com ela, os policiais foram informados que os pássaros pertencem a seu filho, que naquele se encontrava em Araxá. Foram realizadas diligências na tentativa de localizar o autor, porém, sem êxito.

Após a permissão mãe do autor, os policiais entraram no imóvel rural encontraram 14 pássaros silvestres, sendo mantidos em cativeiro em 10 gaiolas e 03 armadilhas, sendo que uma estava armada em uma gaiola com chama.

Os pássaros apreendidos foram sete coleirinhas, quatro pintassilgos, um canário-da-terra, um pássaro preto e uma cigarra.

“Saliento que todas as aves se debatiam nas gaiolas quando qualquer pessoa se aproxima delas, indicando que não estão acostumada com a presença humana. Possivelmente foram capturas recentemente em seu habitat natural, nenhuma ave possuía anilha de identificação”, relatou um dos policiais.

Os pássaros e materiais foram apreendidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para as demais providências.

Notícias relacionadas