Prefeitura oferece acolhimento emergencial para moradores de rua

Prefeitura oferece acolhimento emergencial para moradores de rua

Os albergues e as casas transitórias são alternativas para os moradores de rua escaparem do frio que se intensifica no inverno. Porém, parte desse grupo ainda troca um abrigo pela noite fria das ruas. Pensando nisso, a Secretaria Municipal de Ação Social intensificou a abordagem de pessoas em situação de rua para oferecer acolhimento emergencial, neste período de baixas temperaturas.

A ação é uma iniciativa do Departamento de Abordagem Social, responsável pela Casa Transitória – Albergue. A estratégia foi a utilização de um espaço temporário anexo ao ginásio do bairro São Geraldo para o amparo desse grupo que está exposto ao frio no período noturno.  As pessoas podem chegar a partir das 18h e desocupar o espaço no dia seguinte para manutenção.

A Constituição Federal possui como um de seus fundamentos principais a dignidade humana, que é um direito dos brasileiros. “Nós, enquanto Poder Público, temos a obrigação de oferecer amparo à população em situação de rua, principalmente agora que entramos no inverno. Por isso, intensificamos o trabalho de rondas noturnas para que ninguém passe frio nas ruas. Esse é o primeiro passo para a reconstrução de uma vida digna”, destaca o prefeito Robson Magela. 

No local, é oferecido camas individuais, banho quente, refeição – incluindo café da manhã, além de receberem um kit de higiene pessoal – sabonete, creme dental, escova de dente. A ação recebe o apoio da Secretaria Municipal de Esportes e da Secretaria Municipal de Segurança Pública, em parceria com a Polícia Militar, para as rondas sociais que são realizadas no fim da tarde e início da noite. 

De acordo com o coordenador da Casa Transitória, Fábio França, o local recebe um público diferente a cada dia e esse amparo faz a diferença na vida dessas pessoas. “Parte da população que está em situação de rua tem uma certa resistência em ir para a Casa Transitória, mas devido à queda de temperatura dos últimos dias, em especial no período noturno, ter esse espaço para receber essas pessoas é muito importante”, explica.

A Casa Transitória tem capacidade para abrigar 40 homens e 7 mulheres. O local fica na avenida Amazonas, 197, bairro São Geraldo.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x