Série pré-candidatos a prefeito: Emílio Neumann

Série pré-candidatos a prefeito: Emílio Neumann

O Diário de Araxá traz a partir desta semana a divulgação de nomes que lançaram oficialmente, por redes sociais, entrevistas à imprensa ou outra modalidade de mídia, pré-candidaturas a prefeito.

Elaboramos um questionário com o perfil e cinco perguntas relacionadas às intenções de cada um em pleitear um cargo ao Poder Executivo. Os pré-candidatos que responderam dentro do prazo estabelecido serão divulgados de acordo com a ordem alfabética do nome de batismo, na chamada principal do site, no período de 24 horas, a partir das 8h. As divulgações ocorrerão entre segunda e quinta-feira.

Os pré-candidatos que enviaram após o prazo, serão divulgados depois dos que responderam no período estipulado.


Emílio Neumann

A primeira divulgação da série aberta pelo Diário de Araxá é sobre o empresário Emílio Neumann, pré-candidato a prefeito pelo Novo.

1 – Perfil do pré-candidato.

Sou Emílio Ludovico Neumann, empresário, casado, pai de três filhos e avô de três netos. Nasci em 26 de novembro de 1949 em Belo Horizonte/MG, e com poucos dias de vida já estava em Araxá, de onde nunca mais saí.

Cursei todo o ensino básico em Araxá, ensino médio em São Paulo e Ensino Superior em Engenharia Civil em Ouro Preto. Em 1973 voltei para Araxá, onde iniciei minha vida profissional juntamente com meu pai Max Neumann e meu irmão, Willy Alberto Neumann, nos negócios da família.

Nesta época administramos e modernizamos a Pedreira Max Neumann, dada a grande demanda por importantes obras em Araxá, como a Arafértil e Fosfértil. Atuei também em vários outros segmentos, como concreteira, materiais de construção civil, concessionária Mercedes-Benz e consórcios.

Atualmente atuo no comércio de peças, rolamentos e lubrificantes, posto de combustível e loteamentos. Sempre tive muito interesse e sou muito ativo no movimento associativista em entidades de classe e filantrópicas da cidade.

Fui Presidente do Lions Clube, Presidente do Sindicato Patronal do Comércio de Araxá, Presidente da Associação Comercial de Araxá e vice-presidente da Federaminas. Também sou cofundador da cooperativa de crédito do comércio, atual Unicred Integração de Minas, na qual integrei o Conselho de Administração.

Neste ano de 2020 ingressei no meio político como pré-candidato aprovado na seleção do Partido Novo para concorrer ao cargo de prefeito de Araxá.

2 – Em qual partido você está filiado e o que o motivou a ser pré-candidato a prefeito?

Certo dia resolvi sair da indignação e partir para a ação. Quando se trata de partidos políticos no Brasil, nunca concordei com o que eu via. Não acho certo, por exemplo, que um partido político seja comandado por uma só pessoa, e muito menos que o dinheiro público, dinheiro dos impostos seja usado para financiar campanhas políticas.

Quando li o estatuto do Partido Novo, e compreendi todas aquelas novas ideias, me identifiquei e então me filiei. Passei por um processo seletivo rigoroso que só o Partido Novo realiza com seus postulantes, e fui aprovado como pré-candidato a prefeito, fiz tudo isso com intuito de trazer para as famílias araxaenses a opção de um novo sistema político, com efetiva atração de investimentos e geração de emprego e renda.

Para mim um bom político é a aquele que se preocupa e trabalha para as próximas gerações, e não para as próximas eleições.

3 – Já tem definição do nome de pré-candidato(a) a vice-prefeito(a)? Se sim, quem é? Caso ainda não tenha, como estão as tratativas para definir por esse nome?

No Partido Novo, quem indica o nome do pré-candidato a vice-prefeito é o pré-candidato a prefeito, sendo assim, escolhi o empresário Marcos Amaral Teixeira que, após a minha indicação, precisou passar pelo mesmo processo seletivo que eu passei.

Marcos é um gestor com mais de 40 anos de experiência em multinacionais e grandes empresas de logística. Tem liderança reconhecida em várias instituições no meio agro, como por exemplo na Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Campolina, Associação Brasileira dos Criadores de Girolando e diversas outras.

Para nós do Partido Novo, o vice-prefeito deve ser o braço direito do prefeito, deve ser atuante e desenvolver um trabalho efetivo em eventuais substituições do prefeito e na coordenação direta de algumas secretarias.

4 – Quais devem ser as prioridades da Prefeitura de Araxá a partir de 2021?

Devido ao momento atual de pandemia, ficou ainda mais claro que a prioridade é a saúde, principalmente para as 9 mil famílias que hoje vivem em estado de pobreza em Araxá, e será necessária experiência em gestão para conter a crise.

Além disso, a geração de emprego e o fomento da nossa economia são fundamentais. É necessário atrair grandes indústrias e empresas, abrir novos postos de trabalho, fazer girar a renda e melhorar a vida da população araxaense.

5 – Como deve ser o relacionamento do chefe do Poder Executivo com a Câmara Municipal?

Deve ser repleta de respeito, ética e deve haver total liberdade e autonomia entre os poderes.O prefeito governa a cidade e os vereadores, além de fiscalizar o prefeito, devem servir de fomentadores de projetos que engrandeçam nossa cidade e beneficiem a população.

6 – Se eleito, quais serão seus principais desafios a serem projetados e/ou superados?

Os reflexos da pandemia e a retomada das atividades econômicas. Estamos vivenciando uma crise econômica onde milhões de brasileiros estão perdendo empregos, fechando comércios e deixando de ter renda, e isso já se reflete em Araxá.

A crise está deixando claro quais são os pontos negligenciados, será necessária experiência em gestão para retomarmos o crescimento e deixar Araxá pronta para o futuro.

Fonte: Diário de Araxá

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
1 Comentário
Novos
Antigos Mais votados
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
1
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x