Super banner
Super banner

Teatro Municipal recebe a peça teatral Donana

Teatro Municipal recebe a peça teatral Donana

Donana Araxá

A Fundação Cultural Calmon Barreto em parceria com a Uirapurus Arte e Cultura comemoram os 20 anos da Campanha Vá ao Teatro apresentando a peça Donana com premiado ator, diretor e dramaturgo Ronaldo Ciambroni.

O espetáculo acontece no Teatro Municipal na quinta-feira (16), às 20 horas e conta os ingressos serão gratuitos e pedem ser retirados na sede da FCCB e no Teatro Municipal, A Prefeitura Municipal de Araxá e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias apoiam a realização do Evento.

A peça

DONANA, desde 1974, mostra-se capaz de continuar sendo um espetáculo atual o que é muito difícil nesta época onde todos os nossos valores, idéias e tendências, alternam-se de forma tão rápida. Isto motivou-nos a continuar esse espetáculo, certos de que estamos proporcionando aos entusiastas do teatro e aos que ainda não viram, a oportunidade de prestigiar um espetáculo já unanimente aclamado pela crítica e pelo público.

DONANA, numa linguagem fluente, cômica, e muito simples, aborda um problema social falando da vida de uma anciã octogenária, mostrando a marginalização que sofrem todos os nossos idosos na sociedade que ele próprios ajudaram a construir , enfocando uma questão a qual ainda jovens podemos lutar.

Assim, o objetivo é de que, em nossa velhice, não venhamos alimentar frustrações , presos que fomos a tabus, e preconceitos cultivados por nossa sociedade.

DONANA consegue mesclar com perfeição a comédia e o drama, divertindo e emocionando, envolvendo totalmente a platéia com o domínio absoluto do ator, numa excelente performance e caracterização desta velhinha.

DONANA resulta disso: Um texto de extraordinária beleza poética aliado ao indiscutível talento do ator, que não pode deixar de ser visto por todos aqueles que apreciam bom teatro.

DONANA tem a direção de Carlos de Simoni, a preparação física do ator é de Paulo Martins, e a trilha sonora de Irene Portela.

DONANA recebeu em 95 o prêmio de melhor espetáculo estrangeiro no festival de Havana – Cuba.

DONANA foi considerada pela crítica européia um dos dez melhores espetáculos estrangeiros.

O Ator

Ronaldo Ciambroni Nasceu na cidade de São Paulo, em 16 de setembro de 1948. Inicia sua carreira profissional como ator, em 1969, mesmo ano em que escreve a peça “Pop, a Garota Legal”. Desde então, ganha de mais de uma dezena de prêmios, incluído vários Moliere e Apetesp. É autor de 12 programas de TV, com destaque para “Vila Sésamo”, 22 textos para teatro infantil e dezenas para teatro adulto.

No início da carreira dedica-se quase que exclusivamente ao teatro infantil e escre a peça “Menino não Entra, Menina não Entra”, sobre o relacionamento de meninos com meninas e sobre o aprendizado em dividir o que têm, considerada em Portugal como uma peça comunista e, no Brasil, proibida pela Censura.

Com “O Palhaço Imaginador”, em 1974, cria o teatro interativo para as crianças e ganha o Prêmio Molière, sendo esta a primeira vez que a premiação foi entregue a um espetáculo infantil. No mesmo ano é indicado como ator por “Donana”, que se mantém há 38 anos em cartaz, e ganha um prêmio pelo conjunto dos trabalhos, incluindo o texto “Adeus, fadas e bruxas”, um musical de grande sucesso dirigido por Emilio Di Biasi, que até então só havia dirigido teatro adulto.

Ganha seu segundo Prêmio Molière com o espetáculo “A Vaca Lelé”, em 1978. Na sequência, escreve “O Palhaço era Meu Tio”, “Se Essa rua Fosse Minha”, “Este Mundo é um Arco-Íris”, em parceria com Alceu Nunes, “Maria Quebrada”, “O Terror dos Mares”, entre outras.

No teatro adulto, destacam-se as peças “Donana”, um dos espetáculos brasileiros mais premiado fora e dentro do País, “Assim como o vento”; “Um Espírito Baixou em mim”; “De Artista e Louco Todo Mundo tem um Pouco”; “Tem Caviar na Feijoada”; “Teresinha de Jesus”; “Uma Empregada Quase Perfeita”; “A Dona da Bola”, “Geração Coca-Cola”; “Romeu e Romeu”; “Terezinha de Jesus”; “Nua na platéia”, que depois recebeu o título “Golpe certo”; “As Filhas da Mãe”; “Uma Certa Carmen”; “Além dos balangandãs”.

Para a televisão, além de “Vila Sésamo”, escreve várias novelas, como “Canoa do Bagre”, “Olho da Terra”, “O Direito de Vencer”, “Antonio Alves”, “A Justiça dos Homens” entre outras. Escreveu, também, esquetes para a Gorete Milagres em “Ô coitado!” (1999 e 2000).

Serviço

Donana

Data: 16 de maio, quinta-feira, às 20h

Local: Teatro Municipal de Araxa, Av. Antonio Carlos, s/n

Informações: 34 3691-7091

Notícias relacionadas