Super banner
Super banner

Trotes atrapalham serviço do Corpo de Bombeiros

Trotes atrapalham serviço do Corpo de Bombeiros

Foto: Willian Tardelli

Os trotes ao telefone 193 do Corpo de Bombeiros de Araxá seguem atrapalhando o serviço da corporação. O tempo em que os bombeiros levam para averiguar um chamado falso poderia ser usado para salvar vidas. Na noite deste domingo (7), a central de operações recebeu o chamado de uma mulher, que se identificou como Gabriela. Ela disse que havia um capotamento na BR-452, próximo ao trevo do Distrito Industrial.

A unidade de resgate, comandada pelo sargento Trindade e os soldados Leonardo e Vilaça, juntamente com o veículo Uno corporação, comandado pelo sargento Araújo e o soldado Ávila, se deslocaram para a BR-452. No quartel só ficou o operador de rádio recebendo os chamados pelo 193.

Os bombeiros chegaram ao local indicado, mas não localizaram o acidente. As unidades ainda percorreram mais 20 km pela estrada, porém perceberam que se tratava de um trote. Enquanto os bombeiros estavam na BR-452, o telefone 193 seguia recebendo chamados de pessoas que realmente precisavam do serviço da corporação.

De acordo com o Código Penal Brasileiro, Art. 266, decreto Lei nº 2.848 de 07 de dezembro de 1940, interromper ou perturbar serviço telegráfico, radiotelegráfico ou telefônico, gera pena de um a três anos de prisão e multa.

Notícias relacionadas