Super banner
Super banner

Vacinação é suspensa mais uma vez em Araxá por falta de doses

Vacinação é suspensa mais uma vez em Araxá por falta de doses

A Prefeitura de Araxá suspendeu a vacinação contra a Covid-19 de idosos entre 80 a 84 anos por falta de vacinas. Grandes filas foram formadas nas Unidades de Saúde – Uninorte, Unileste e Unisa – destinadas à imunização do grupo prioritário, na manhã desta quinta-feira (4).

Para evitar que os idosos esperassem por mais de 6 horas o início da vacinação, marcada inicialmente para às 14h, a Secretaria Municipal de Saúde antecipou a aplicação e entregou senhas para os veículos que aguardavam o atendimento por meio do sistema drive-thru. 

O Governo do Estado entregou no início desta semana a quarta remessa de vacinas para os municípios mineiros. Araxá recebeu 1.313 doses, sendo a vacinação obrigatória de 707 idosos entre 85 a 89 anos, 310 profissionais de saúde e 296 idosos entre 80 a 84 anos. A quantidade de vacinas aplicadas em cada grupo é definida pelo Plano Nacional de Vacinação do Governo Federal, validado pela Secretaria de Estado da Saúde. 

A vacinação de profissionais de saúde que ainda não tinham recebido a primeira dose dos imunizantes contra a Covid-19 também foi suspensa no município por falta de doses. Médicos, fisioterapeutas, dentistas e auxiliares, enfermeiros, fonoaudiólogos, nutricionistas, psicólogos, técnicos de enfermagem e terapeutas ocupacionais receberam a aplicação na Unioeste, porém, no início da tarde as doses se esgotaram. 

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Diane Dutra, novas doses devem chegar até o início da próxima semana. “A expectativa é que o município receba a quinta remessa de vacinas nos próximos dias. Acreditamos que com o novo lote entregue pelo Governo do Estado vamos concluir a vacinação dos idosos entre 80 e 84 anos e dos profissionais de saúde já listados anteriormente”, enfatiza 

Diane explica que a mudança de horário para o início da vacinação foi realizada para evitar que idosos ficassem por horas na fila. “Houve uma procura muito grande de vacina logo pela manhã e tivemos que adaptar o atendimento. Para as próximas etapas, vamos fazer um novo planejamento para tentar minimizar essa ansiedade das pessoas. A população pode ficar tranquila, que todos serão vacinados de acordo com a orientação que recebemos do Governo Federal e Estadual”, reitera a secretária.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
3 Comentários
Novos
Antigos Mais votados
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
3
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x