Super banner
Super banner

Ganso bate Coelho e larga bem na elite mineira

Ganso bate Coelho e larga bem na elite mineira

Fabrício Carvalho marca o primeiro do Araxá na estreia no Mineiro 2013 - Foto: Caio Aureliano

DA REDAÇÃO – A estreia do Araxá na elite do Campeonato Mineiro em 2013 não poderia ter sido melhor ao vencer o América-MG neste sábado (2), no Fausto Alvim. Para um público de 5 mil torcedores, o Ganso largou na frente com Fabrício Carvalho no 1º tempo, levou o empate no fim da etapa inicial em gol de Fábio Júnior, só que o chute forte, de fora da área, de Thiago Marin decretou os primeiros três pontos conquistados pelo Alvinegro na competição.

A vitória teve um sabor especial porque após 22 anos o Araxá voltou a bater os seus adversários jogando na principal divisão mineira. O Ganso lidera a competição com 3 pontos, junto com o Boa Esporte, que também venceu na estreia o Nacional por  2 a 1, e com o Cruzeiro, que venceu o superclássico diante do Atlético-MG no revitalizado Mineirão, também por 2 a 1.

O próximo adversário do Araxá é o Atlético, no domingo (17), às 16h, no Independência, em Belo Horizonte. Já o América-MG enfrenta o Boa Esporte, no mesmo local, no sábado (16), às 17h.

Empate no 1º tempo

Os donos da casa não se intimidaram com o time do América-MG e criaram a primeira chance aos 4 minutos. Em cruzamento de Evandro, o goleiro Neneca tocou no meio do caminho e impediu que a bola chegasse em Fabrício Carvalho e Breitner. O Coelho respondeu com Rodriguinho, em cobrança de falta na meia lua da área, que desviou na defensiva e se perdeu à esquerda de Marcelo Cruz, caído para o lado contrário.

O torcedor não precisou esperar muito tempo para gritar pelo primeiro gol do Ganso no campeonato. Aos 10 minutos, Breitner tentou jogada individual e caiu reclamando de pênalti. O árbitro não assinalou e a bola sobrou na entrada da área para o experiente Fabrício Carvalho, que chutou forte no canto e abriu o placar.

A equipe americana tentou o empate com Rodriguinho, que chutou de pé direito da entrada da área e obrigou Marcelo Cruz a fazer uma grande defesa. Aos 21 minutos, o meia, mais uma vez, quase marcou em cobrança de falta, que passou perto do travessão.

No último minuto da etapa inicial, o goleiro Marcelo Cruz não conseguiu evitar o gol do Coelho. Cobrança de escanteio rasteira para o atacante Felipe. A zaga do Araxá não encostou no jogador para evitar o lançamento para a área, que foi certeiro na cabeço de Fábio Júnior, empatando a partida.

Thiago Marin entra em cena

Como em 2012, no título do Módulo II, o meia Thiago Marin foi decisivo a favor do Araxá. Entrando no lugar de Michel Cury para o 2º tempo, sua primeira tentativa parou no travessão, quando dominou à esquerda da área e tocou de cobertura.

O América-MG até criou algumas oportunidades, mas o Araxá, mais presente no campo de ataque, garantiu os primeiros três pontos aos 31 minutos de jogo. Em cruzamento para área, o goleiro Neneca rebateu a bola, que sobrou para Thiago Marin. Ele dominou de esquerda chutou à meia altura, no cantinho, dando números finais ao marcador.

Para a próxima partida contra o Galo, o Araxá tem os jogadores à disposição e o time pode ser repetido no confronto da segunda rodada.

Ficha técnica

Araxá: Marcelo Cruz; Osvaldir, Bruno Matavelli, Amarildo e Fabiano; Balduíno, Bruno Moreno, Evandro (Renato Xavier) e Michel Cury (Thiago Marin); Fabrício Carvalho (Tiago Pereira) e Breitner. Treinador: Ney da Matta.

América-MG: Neneca; Gedeilson, Vinícius Simon, Lula e Wanderson; Claudinei, Leandro Ferreira, Patrick (Doriva) e Rodriguinho (Geovani); Felipe (Laércio) e Fábio Júnior. Treinador: Vinícius Eutrópio.

Gols no 1º tempo: Fabrício Carvalho, aos 10, e Fábio Júnior, aos 45 minutos.

Gol no 2º tempo: Thiago Marin, aos 31 minutos.]

Cartões amarelos: Michel Cury e Breitner (Araxá); Patrick (América).

Arbitragem: Émerson de Almeida Ferreira, auxiliado por Breno Rodrigues e Felipe Souza Leal.

Público pagante: 5 mil torcedores.

Renda: R$ 110.925.

Notícias relacionadas