Araxá informa que nenhuma pessoa recebeu vacina fora do prazo de validade

Araxá informa que nenhuma pessoa recebeu vacina fora do prazo de validade

A Secretaria Municipal de Saúde de Araxá informa que não foram utilizadas doses da vacina AstraZeneca vencidas durante a Campanha de Vacinação Contra a Covid-19. Um levantamento baseado no cruzamento de dados oficiais do Governo Federal, publicado pelo jornal Folha de S. Paulo”, aponta que 2 doses do imunizante (uma do lote 4120Z005 e outra do lote 4120Z001) teriam sido aplicadas fora da validade no município.

O Setor de Imunização esclarece que os últimos vacinados com dose do lote 4120Z005 são trabalhadores de saúde que foram vacinados no dia 5 de março, quase 40 dias antes da data de validade da vacina marcada para o dia 14 de abril. Já os últimos pacientes imunizados com dose do lote 4120Z001, com vencimento no dia 29 de março, aconteceu no dia 17 do mesmo mês, 12 dias antes do prazo de validade, e também fazem parte do grupo prioritário de trabalhadores de saúde.

O município ressalta que todas as pessoas imunizadas contra a Covid-19 na cidade receberam o imunizante dentro do prazo de validade. A equipe da Secretaria Municipal de Saúde realizou a conferência dos dados no SIPNI (Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização) nesta sexta-feira (2) após publicação da reportagem e verificou uma falha de lançamento em duas doses, erro de digitação do lote e do registro de data de aplicação do imunizante.

As duas falhas de lançamento foram registradas em dois cartões de vacina do grupo de trabalhadores de saúde, um motorista de ambulância (erro no registro da data de aplicação do imunizante) e uma cuidadora de idosos (erro de digitação do lote). A Secretaria Municipal de Saúde entrou em contato com as pessoas e solicitou cópia dos cartões de vacina para verificação dos dados junto ao sistema. Com as falhas identificadas, o município realizará a notificação da ocorrência no sistema para correção dos dados.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x