Dia do Doador Voluntário de Sangue

Dia do Doador Voluntário de Sangue

O Dia do Doador Voluntário de Sangue é comemorado anualmente em 25 de novembro no Brasil.

A data, além de homenagear as pessoas que reservam um tempinho do seu dia para doar sangue, também serve para informar e conscientizar a população sobre a importância de ser um doador de sangue.

A Associação Sangue Bom, Santa Casa, Casa do Caminho, Dom Bosco e Secretaria de Saúde de Araxá, com parceria com o Hemocentro de Uberaba, convida a todos para campanha de doação de sangue pelo 9°ano consecutivo em Araxá.

A campanha acontecerá no Uniaraxá no dia 02/12, na ala da fisioterapia, a partir das 8h. Serão distribuídas 100 fichas, podendo chegar a 120.

O principal objetivo é conscientização a população sobre a importância de doar sangue e Medula Óssea, podendo assim aumentar o estoque de sangue no Hemocentro de Uberaba e da região, passando a ter maior condição de realização de transfusão de sangue, pois neste período os hemocentros tem dificuldades em encontrar doadores.

Requisito básico para doar sangue:

  • Para doar sangue uma pessoa deve ter e estar com boa saúde, não ter tido hepatite após os 10 anos de idade,
  • Ter idade entre 18 e 64 anos, pesar acima de 50 Kg,
  • Dormir bem na noite anterior a doação, não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis,
  • Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarreia,
  • Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas,
  • Não ser usuário de drogas, não apresentar ferimento ainda não cicatrizado e não estar grávida ou em período de amamentação. Após o parto normal, é necessário aguardar três meses e, após cesárea, seis meses para doação de sangue.
  • O doador também não deve ter sido submetido a exame de endoscopia ou broncoscopia nos últimos 12 meses ou ter feito tatuagem nos últimos 12 meses.
  • Não doe sangue em jejum. Pela manhã, alimente-se. À tarde, dê um intervalo de 3 horas após o almoço. O tratamento dentário impede a doação por um período de 1 a 30 dias, conforme o caso.
  • O prazo mínimo entre uma doação de sangue total e outra é de 60 dias para os homens e de 90 dias para mulheres. Para doadores com idade entre 60 e 64 anos, o intervalo é de seis meses.
  • Outras condições, que também poderão impedir a doação, serão avaliadas na triagem antes da doação. Haverá uma entrevista com um médico, que fará algumas perguntas de caráter pessoal e íntimo. As informações prestadas serão mantidas em rigoroso sigilo. A entrevista inicial é importante, pois existem condições, como sorologia positiva para HIV, que podem ser transmitidas pelo sangue e que, às vezes, não podem ser totalmente evitadas com a realização dos testes sorológicos, já que existe um período no qual as infecções nem sempre são detectadas nos exames.
  • Aguardar 30 dias após ter sido vacinado contra gripe suína h1n1.

    É necessário apresentar, no ato da doação, documento original de identidade com foto, emitido por órgão oficial – Carteira de Identidade, de Trabalho, Profissional, Conselho de Classe ou Certificado de Reservista.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x