Super banner
Super banner

Investigação de desvio de dinheiro público em Araxá: Ex-secretária de Governo, assessores e sócios de empresa de transporte são presos pela Polícia Civil

Investigação de desvio de dinheiro público em Araxá: Ex-secretária de Governo, assessores e sócios de empresa de transporte são presos pela Polícia Civil

A operação Malebolge, que visa a apuração de desvios de recursos públicos decorrentes de contratos de prestação de serviços de transportes, foi deflagrada, nesta manhã (11), pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão em de Araxá.

Até o momento, cinco pessoas foram presas temporariamente – a ex-secretária municipal de Governo e que atualmente ocupa cargo de assessora executiva 1, Lucimary Ávila, o marido dela e que ocupa cargo de assessor 1 na Secretaria de Ação e Promoção Social, Leovander Gomes de Ávila, o assessor 1 da Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento, Zeceli Campos Ribeiro, e os sócios da empresa investigada, Vitor Hugo Silva (primo de Lucimary) e sua esposa Élida Cristina Pereira Silva.

Ele fizeram exame de corpo de delito no IML de Araxá e foram conduzidos ao presídio de Sacramento, por questões de protocolo de quarentena da pandemia.

Além dos mandados de prisão temporária, foram expedidos 23 mandados de busca e apreensão de veículos e outros 10 mandados já cumpridos. Nas residências, foram apreendidos documentos contábeis, equipamentos eletrônicos, dinheiro e joias.

Os advogados de defesa dos envolvidos citaram que se pronunciarão após acesso aos autos.

A Prefeitura de Araxá ainda não se manifestou sobre a operação.

Ás 16h, haverá entrevista coletiva da Polícia Civil.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
8 Comentários
Novos
Antigos Mais votados
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
8
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x