Prefeitura registra ocorrência contra mulher que omitiu informações sobre vacinação

Prefeitura registra ocorrência contra mulher que omitiu informações sobre vacinação

A busca por atestados falsos ou omissões de informações têm sido cada vez mais frequentes nas salas de vacinas de diversos municípios do país. A Secretaria Municipal de Saúde de Araxá registrou, nesta terça-feira (25), um boletim de ocorrência contra uma mulher que se apropriou de informações falsas para receber uma dose da vacina da Pfizer. 

Ela, que é profissional de saúde, recebeu a primeira dose da vacina AstraZeneca enquanto ainda não estava grávida. Agora, com 12 semanas de gestação, a mulher procurou a Unisa para receber a imunização destinada à primeira aplicação de grávidas e puérperas com comorbidades. Ao ser questionada pela equipe de enfermagem se já havia recebido o imunizante, omitiu a informação. 

A falsa informação foi identificada minutos após o registro do CPF no sistema. Ao perceber que a mulher já havia tomado a dose de outro fabricante, os enfermeiros a questionaram novamente e ela confirmou que omitiu a informação, pois queria receber o imunizante indicado pela sua médica. 

A Secretaria Municipal de Saúde registrou o boletim de ocorrência contra a profissional para a investigação do fato. “Toda pessoa que fraudar informações para receber alguma dose de vacina será responsabilizada criminalmente pelos seus atos. Além de registrar o boletim de ocorrência, o município também fez uma notificação ao Ministério da Saúde para relatar essa adversidade causada pela falsa informação concedida pela mulher”, explica o assessor de Atenção Primária, Nilton Ribeiro Júnior.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x