Secretaria de Saúde intensifica prevenção da febre amarela na zona rural de Araxá

Secretaria de Saúde intensifica prevenção da febre amarela na zona rural de Araxá

A Secretaria Municipal de Saúde tem atuado de forma constante na prevenção da febre amarela em Araxá. Desde o inicio do ano, quando foi anunciado os primeiros casos da doença no Estado, vem se esforçando para disponibilizar a vacinação para toda a população. Visando maior proteção da comunidade intensifica agora a atuação também na zona rural.

A partir desta terça-feira, 7, a vacinação, anteriormente disponibilizada no perímetro urbano, passou a ser destinada para a comunidade rural. A coordenadora em Vigilância em Saúde, Telma Di Mambro Senra, diz que quem mora na região das Gameleiras já pode se imunizar na Escola Municipal Francisco Primo de Melo.

“A vacina é muito importante, único bloqueio contra a doença, a ação de prevenção. A escola é um ponto de apoio, um ponto de referência. Nosso objetivo é vacinar os alunos, os professores e também aos moradores ligados aquela comunidade, onde foi encontrado um macaco morto e que está sob investigação”, diz a coordenadora.

Ela ressalta que essa vigilância aos primatas sempre existiu, mas que agora está em mais evidência por causa da febre amarela. “A equipe que resgatou o macaco morto, faz uma inspeção na região e conversa com os moradores para saber se houve algum outro animal morto. Nesta segunda-feira, 6, circulamos nessa região e pedimos aos moradores para ficarem atentos observando se há animais mortos”, destaca Telma.

Segundo ela, a Secretaria de Saúde segue protocolo do Ministério da Saúde que orienta que na região aonde descobriu o macaco morto é imprescindível fazer a cobertura vacinal de todos os moradores da região.

“Isso nós chamamos de bloqueio vacinal, é o que estamos iniciando com toda a população. Quem já vacinou ótimo, quem não vacinou, vai receber a vacina. Não precisa de alarme, isso vai ser feito em princípio nessa região, claro, se possível, e com disponibilidade de doses da vacina, podemos está levando para as outras regiões da zona rural”, comenta Telma.

Os moradores da região aonde o macaco foi encontrado morto começaram a receber a vacinação contra a febre amarela na Escola Municipal Francisco Primo de Melo. A partir desta quarta-feira, 8, até a sexta-feira, 10, a vacina estará sendo aplicada aos interessados das 8h às 14h.

Vacinação na zona urbana

A coordenadora Telma Di Mambro Senra informa também que a vacinação contra a febre amarela na cidade está ocorrendo normalmente. “Todas as Unidades Básicas de Saúde funcionam agora o dia inteiro. Elas abrem de manhã e estão fechando por volta das 16 horas. São elas, Centro de Vacinação, Uninorte, Unisul, Unileste, Unisa e Uninordeste”, finaliza.

Notícias relacionadas

Inscreva-se
Me avise:
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Mostrar todos os comentários
0
Deixe seu comentário para essa notícia!x