Super banner

Grande Hotel de Araxá resgata origens e prevê crescimento no número de visitantes

Grande Hotel de Araxá resgata origens e prevê crescimento no número de visitantes

O Grande Hotel de Araxá apresenta nova proposta de hospitalidade para o turismo de bem-estar de alto padrão. Com o reposicionamento de mercado, o complexo hoteleiro resgata suas origens como espaço de refúgio para quem busca experiências terapêuticas, valorizando ainda mais os elementos locais da cultura, da história e da memória afetiva.

Grande Hotel de Araxá resgata origens e prevê crescimento no número de visitantes 1
Codemge / Divulgação

O empreendimento é gerido pelo Grupo Tauá desde 2010, mediante parceria com o poder público, por meio da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge).

Com o arrendamento, o Estado contribui para preservar o patrimônio histórico, fortalecer o turismo e desenvolver a economia da região, além de economizar recursos da ordem de até R$ 30 milhões por ano com manutenção e operação do ativo e ainda receber, em média, cerca de R$ 1,15 milhão de royalties anuais. 

A parceria entre os setores público e privado faz do Grande Hotel um caso de sucesso que beneficia a sociedade mineira. O diretor-presidente da Codemge, Thiago Toscano, considera o empreendimento um ativo maravilhoso e destaca que a mudança de conceito para o formato de saúde e bem-estar sinaliza uma tendência captada pelo mercado para o melhor funcionamento do espaço. 

Com articulações bem construídas, a Codemge se qualifica cada vez mais como estruturadora de projetos de concessão no Estado. “É uma empresa que vai se tornando referência em elaborar e fornecer bons projetos para o mercado”, sintetiza Toscano. Segundo o presidente da companhia, a população também é beneficiada, passando a usufruir de bens e serviços cada vez mais bem geridos. 

Grande Hotel de Araxá resgata origens e prevê crescimento no número de visitantes 2
Codemge / Divulgação

O diretor de Gestão de Ativos e Mercado da Codemge, Sérgio Cabral, realça que o Grande Hotel é um atrativo importante e uma âncora do turismo em Araxá. “Quando está sendo bem gerido e trazendo hóspede, está trazendo desenvolvimento econômico para a cidade”, pontua. 

De acordo com ele, o papel do Estado e da companhia é promover o dinamismo da economia, com ativos imobiliários adequadamente mantidos e administrados, por exemplo. Cabral aponta que os interesses privado e estatal podem conviver bem, mediante a obtenção de lucro e a entrega do que o setor público precisa, como espaços bem geridos, desenvolvimento econômico, geração de empregos e de tributos. 

Futuro próspero 

Um dos maiores players da rede hoteleira do Brasil, o grupo gestor do Grande Hotel acentua o sucesso da parceria com a Codemge. “A iniciativa permitiu ao Grupo levar sua expertise da gestão hoteleira para um bem que é patrimônio de Minas Gerais, agregando valor para ambas as partes, uma vez que é objetivo comum o equilíbrio financeiro do negócio. A partir do arranjo estabelecido, o Grupo é responsável pela gestão inteligente e eficiente do complexo hoteleiro, além da preservação e manutenção do patrimônio”, comenta Fernanda Bicalho, responsável pelas Relações Institucionais do Grande Hotel de Araxá. 

Ela observa que a concessão administrativa, que já dura mais de uma década, amadureceu e está em um patamar bem-sucedido. Em 2021, por exemplo, em razão do alto impacto causado pelas restrições impostas pela covid-19 e do fechamento temporário do hotel, foi necessário um rearranjo da administração, a fim de preservar os empregos da população local. “Já são dois grandes marcos dessa trajetória de mão dupla. Em 2010, um novo ciclo começou para o Grande Hotel, com o início da nova administração. Agora, em 2022, após grande reformulação e investimentos, o hotel reabre fortalecido para crescer novamente”, ressalta. 

“Para nós, é de fato um instrumento de colaboração que permite buscar eficiência operacional ao mesmo passo em que contribui para o desenvolvimento econômico do setor e do turismo no estado. O Grupo se orgulha dessa realização conjunta, em poder prestar um serviço de qualidade à população, à altura da importância do Grande Hotel para Minas Gerais”, acrescenta Bicalho. 

Para 2023, ela afirma que os planos do Grupo para o Grande Hotel são os melhores dos últimos tempos. “Enxergamos um futuro próspero para os próximos anos. Acabamos de fazer um novo investimento de mais de R$ 10 milhões em um projeto grandioso para reposicionar o Grande Hotel e trazê-lo de volta a suas origens e propósito. Sabemos que a hotelaria e o turismo representam a preservação da história de Minas Gerais. E, por isso, buscamos resgatar as origens do Grande Hotel de Araxá”, comenta. 

Grande Hotel de Araxá resgata origens e prevê crescimento no número de visitantes 3

“O Grande Hotel, suas Termas e Fontes formam um exuberante conjunto, que é um convite ao turismo. Entendemos que o turista pode se beneficiar de oportunidades inesgotáveis de lazer, descanso e relaxamento. Em 2022, retomamos o verdadeiro propósito de bem-estar do Grande Hotel Termas de Araxá, por meio de experiências exclusivas em alto padrão. É para isso que estamos trabalhando e que será o nosso foco para o ano de 2023”, conclui, ao sublinhar a importância do espaço para o fortalecimento da economia local e do turismo no Brasil. 

Riqueza histórica 

Construído na década de 1940, o complexo do Grande Hotel de Araxá atrai a atenção pela sua majestade e excepcional beleza. Com 33,3 mil metros quadrados de construção, é um marco da engenharia brasileira. Está edificado na região do Barreiro, no centro de um magnífico parque de 450 mil metros quadrados, a mais de 900 metros de altitude, com jardins projetados pelo paisagista brasileiro Roberto Burle Marx, de onde se divisam lagos e bosques, com grande diversidade de árvores. 

A edificação do Grande Hotel impressiona, desde o primeiro contato, pelas suas dimensões e imponência. Junto com as termas, compõe um ambiente belo e harmonioso. Os hóspedes podem usufruir da riqueza natural e curativa do local, principalmente as águas mineralizantes, sulfurosas e lamas medicinais de origem vulcânica. 

Internamente, o Grande Hotel é muito rico em diversidade de ambientes, utilizando uma composição de espaços perfeitamente equilibrada. O hall da entrada principal, de porte grandioso, tem seu acesso por meio de uma escadaria e rampa para automóveis. O piso é de mármore de Carrara, e as colunas, revestidas por mármore Travertino. A laje de cobertura é trabalhada em gesso, e os lustres são de cristal. O cinema com cerca de 450 lugares possui cabine de projeção, iluminação e palco ligado a camarins, podendo, também, funcionar como teatro. 

Com localização privilegiada em relação aos grandes mercados nacionais (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Goiânia e Belo Horizonte), Araxá é um polo turístico importante e valorizado pelas suas águas medicinais, que mostram seu poder para banhos alternativos, massagens relaxantes e tratamentos estéticos. A cidade conta com aeroporto e dois helipontos. 

Outras informações podem ser obtidas no site www.grandehotelaraxa.com

Grande Hotel de Araxá resgata origens e prevê crescimento no número de visitantes 4

Desenvolve Minas 

O arrendamento desses ativos é um tipo de parceria que vai ao encontro das iniciativas do Desenvolve Minas, frente de estruturação de parcerias e projetos estratégicos da Codemge. A iniciativa objetiva reposicionar a companhia no desenvolvimento econômico do Estado de Minas Gerais, tornando-a independente dos recursos do nióbio e economicamente sustentável. O projeto liga as esferas pública e privada, fazendo da Empresa um facilitador e promotor da atração de investimentos no estado, sem necessariamente investir recursos próprios. Dessa maneira, a Codemge usa sua expertise e seu capital humano a favor do desenvolvimento de Minas Gerais, de forma autossuficiente.  

Em 2022, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) e a companhia assinaram Acordo de Cooperação Técnica determinando a atuação da Codemge em projetos de concessões e parcerias público-privadas (PPPs), em apoio à Secretaria. Com isso, a empresa deu um passo importante no seu reposicionamento estratégico para atuação assertiva em projetos de alto impacto para Minas Gerais. Iniciativas nas áreas de saneamento, saúde e educação, entre outras, estão sendo desenvolvidas em parceria com a Seinfra, conforme explica o presidente Thiago Toscano. 

O diretor da Codemge Sérgio Cabral também detalha a tática de trazer uma gestão privada para ativos públicos, como parte da estratégia do Desenvolve Minas e da nova função adquirida pela companhia com a modelagem de concessões e PPPs. A empresa atuará como indutora do desenvolvimento econômico nesse contexto, assumindo o papel de construir projetos viáveis e exitosos.

Saiba mais sobre a atuação da Codemge em prol do desenvolvimento mineiro neste portal.  

Notícias relacionadas

1 Comentário

  1. LEONARDO

    ARAXÁ VIVENDO NOVAMENTO UM CAOS, CIDADE COM MUITOS BURACOS NO ASFALTO, MUITO MATO, ILUMINAÇÃO PÚBLICA COM MUITAS LAMPADAS QUEIMADA.., MUITAS RUAS NO ESCURO, ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DEIXANDO MUITO A DESEJAR.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *