Artista plástica Cordélia Barreto morre aos 94 anos

Artista plástica Cordélia Barreto morre aos 94 anos

A artista plástica araxaense Cordélia Barreto morreu na sexta-feira (6). Ela estava internada com pneumonia.

Reconhecida internacionalmente, foi na adolescência que Cordélia começou a produzir suas primeiras telas com tinta a óleo, influenciada pelo irmão Calmon Barreto e aperfeiçoando suas habilidades com o pincel na Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro, na década de 40.

Sua preferência era por paisagens, mas também consagrou seus traços com figuras humanas. Ela mantinha um ateliê, por onde passou vários alunos, também deu aulas gratuitas na primeira década de funcionamento da Fundação Cultural Calmon Barreto e adorava presentear parentes e amigos com suas obras.

Em 2013, quando completou 90 anos de idade e 70 anos de carreira, promoveu uma exposição com 26 obras inéditas, denominada “Verdes de Araxá”.

Cordélia Barreto completaria 95 anos em outubro. A artista foi sepultada no Cemitério das Paineiras.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *