Encontro oportuniza atendimento diferenciado para gestantes do Setor Norte

Encontro oportuniza atendimento diferenciado para gestantes do Setor Norte

Um trabalho especial que envolve doação e troca de experiências. As enfermeiras e agentes de saúde de seis Estratégias Saúde da Família (ESFs) do Setor Norte idealizaram o Encontro de Gestantes.

Analisando a realidade das pessoas atendidas, elas perceberam o grande número de gestantes naquela região e definiram pela criação do grupo. Os encontros aconteceram por cinco vezes, sendo um por semana, às quintas-feiras, às 18h, na Uninorte.

A enfermeira assistencial da Uninorte, Juliana Ribeiro Martins Borges, uma das idealizadoras do projeto, conta que os encontros foram coordenados e organizados pelas equipes das ESFs Tiradentes, Ana Pinto de Almeida, Urciano Lemos, Uninorte, Orozino Teixeira e Pão de Açúcar.

“Percebemos que a Região Norte é muito populosa e tem muitas gestantes. As agentes das ESFs decidiram pelo horário noturno para facilitar a participação da maioria. Durante o dia muitas trabalham, dependem de marido ou alguém para levar até a unidade e estava mais difícil”, explica.

O grupo começou com cinco gestantes e terminou com quinze. São mães em vários estágios da gestação. A maioria saía do trabalho, pegava os filhos na escola e ia direto para a Uninorte. Para facilitar, fizeram uma programação infantil dentro da unidade, com uma sala separada para recreação.

Juliana informa que pesquisaram temas, elaboraram uma programação bem variada, falando de tudo, desde o acolhimento ao bebê, a importância de introduzir os irmãos para que não se sintam abandonados e evitar ciúmes; afeto e planejamento familiar. Os assuntos foram separados por reunião.

Falaram sobre afeto e importância do bebê na família. Pré-natal, tipos de parto, o que levar para a maternidade, cuidados com o bebê. Aleitamento materno e cuidados nutricionais. Planejamento familiar e cuidados pós-parto. No encerramento fizeram dinâmica de grupo e entregaram os kits para cada participante.

“Temos mães na terceira, quarta gestação que pensam em laqueadura. Orientamos que tem outros métodos contraceptivos, como Dispositivo intrauterino (Diu) e preservativo”, reforça.

Avaliação

Para as idealizadoras a avaliação do primeiro projeto é positiva, a adesão foi muito boa, mas tem muitas gestantes no Setor Norte que não frequentaram os encontros. Querem, com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde, ampliar o atendimento e fazer mais grupos.

Juliana ressalta que o trabalho foi feito de forma diferente, com informações e acolhimento, incentivando a participação da família e do companheiro no acompanhamento da gravidez.

“Os encontros tiveram momentos de descontração, troca de experiências entre as gestantes, também houve um contato maior com o pessoal da área da saúde. Queremos que as pessoas deixem de pensar que precisam de um Posto ou Unidade de Saúde só na hora da doença. Mostramos que estamos aqui para dar orientações, ajudar numa prescrição, evitar futuras gestações e até doenças”, ressalta.

A gestante Priscila Graziela Teixeira, tem 31 anos e está na quarta gravidez. Ela tem uma filha com 15 anos, um filho com 14 e já perdeu um bebê por conta de uma complicação durante a gestação. Ela mora no bairro São Francisco e frequenta o ESF do Ana Pinto de Almeida.

Priscila conta que achou ótimo participar dos encontros. “Para as mães de primeira viagem as enfermeiras ensinaram muita coisa, para mim que estou há muito tempo sem engravidar e já passei por outras gestações aprendi muita coisa nova. As enfermeiras foram muito atenciosas, as palestras com nutricionista e psicóloga foram excelentes, adorei participar, foi muito bom, eu recomendo”, comenta.

Em todos os encontros foram sorteados dois presentes para os bebês, um para o sexo masculino e outro feminino. Na última reunião distribuíram kits individuais com roupa, manta, fralda, lenço de boca, toalha, sapatinho, meia, gaze e um squeeze. Também sortearam um kit separado, com banheira portátil, fraldas, sapatinho, mamadeira, luva, toalha e toalhinha de boca.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *