Gansinho derrota Taubaté e avança para terceira fase da Copinha

Gansinho derrota Taubaté e avança para terceira fase da Copinha
Foto: AEC

Mais um capítulo foi escrito na campanha histórica do Araxá Esporte na Copa São Paulo de Futebol Júnior 2016. O Gansinho entrou em campo pela quarta vez neste domingo, 10 de janeiro, na segunda fase, contra o Taubaté no estádio Joaquim de Moraes Filho, conhecido como Joaquinzão.

Além de enfrentar o Burro, a torcida da casa que compareceu em um bom número. O Gansinho se superou e venceu o Taubaté por 3 a 2 avançando para terceira fase da competição.

A primeira etapa apresentou o Taubaté, embalado pela sua torcida, pressionando a equipe do Araxá Esporte, mas a principal chance do jogo foi do Gansinho aos 32 minutos. Em pênalti batido por Daniel, o atacante tentou acerto o canto esquerdo na finalização defendida pelo goleiro Felipe e, assim terminou o primeiro tempo em 0 a 0.

Gol mesmo teve na etapa final. Aos 6 minutos, Daniel, em um chute de perna direita, superou o goleiro Felipe e abriu o placar para a equipe araxaense. O Taubaté deixou muitos espaços na sua defesa e o Gansinho aproveitou para fazer o segundo gol. Aos 16 minutos, Hugo tocou na saída do goleiro e assinalou 2 a 0, mas o placar permaneceu assim por pouco tempo.

No minuto seguinte, Vítor Daniel diminuiu para equipe do Taubaté. Com apoio da torcida, os donos da casa conseguiram o empate aos 18 minutos. O zagueiro Léo Turbo assinalou para o Taubaté.

O empate não abalou o time visitante. Aos 25 minutos, o Gansinho fez o terceiro gol. Depois da cobrança de falta de Lucas Felipe na área, a bola não foi tirada pela zaga do Taubaté e sobrou para Deivid, que acabara de entrara no jogo, marcar 3 a 2 e deixar a torcida do Burro desesperada no Joaquinzão.

O Araxá segurou bem os avanços do Taubaté e passou para terceira fase. O seu adversário será o Bahia que despachou a Desportiva Paraense pelo marcador de 4 a 1, em Bragança Paulista.

O Araxá Esporte está classificado com: Leonardo Santana; Luiz Felipe, Paulo, Thales e Hugo; Gabriel, Lucas Correa, Jhemerson (Deivid) e Lucas Felipe (Vítor Hugo); Ednando e Daniel. Treinador: Gustavo Rodrigues

A arbitragem foi de Thiago Luis Scarascati, auxiliado por William Rodrigues Deodato e Paulo César Modesto

Fonte: Na Batida do Esporte

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: