Super banner
Super banner

Minas Gerais receberá Copa América em Belo Horizonte e conta com torcedores mineiros

Minas Gerais receberá Copa América em Belo Horizonte e conta com torcedores mineiros
Foto: http://estadiomineirao.com.br

Em 2019, a cidade de Belo Horizonte vai receber cinco jogos da Copa América. O Estádio do Mineirão será o palco principal de uma das semifinais do torneio, situação semelhante da Copa do Mundo de 2014. Além disso, o local também vai receber quatro partidas da fase de grupos, porém nenhum jogo da Seleção Brasileira. Após o final da competição, o futuro do estádio voltará a ser discutido, com a possibilidade do Cruzeiro ficar com o controle.

Com capacidade para 62 mil pessoas, o Mineirão foi o palco escolhido para representar Minas Gerais na Copa América. A capital deve ser o centro das atenções durante os meses de junho e julho, quando o torneio acontece. Com uma distância de apenas 370 km entre Araxás e Belo Horizonte, nada impede que os torcedores da cidade consigam aproveitar de mais perto o torneio de seleções da América do Sul.

Serão cinco jogos em território mineiro, sendo o mais importante a semifinal da competição no dia 2 de julho. Antes disso, o Mineirão vai receber quatro partidas da primeira fase. A estreia será dia 16 de junho, quando o Uruguai enfrenta o Equador. Já no dia 19, a Argentina entra em campo para enfrentar o Paraguai. Três dias depois, Bolívia e Venezuela fazem mais um jogo no estádio. A última partida da fase de grupos, no dia 25, será entre Equador e Japão.

Apesar de não receber jogos da Seleção Brasileira, a expectativa maior dos torcedores é por assistir Argentina e Uruguai logo na primeira fase. Além disso, existe também a esperança de ver o Brasil em campo na semifinal. Mesmo com a lembrança ruim de 2014, como mostra o portal mineiro SuperEsportes, alguns torcedores enxergam o torneio como uma oportunidade de esquecer a goleada para a Alemanha.

Com favoritismo e responsabilidade

Após os dois amistosos em março, o treinador Tite perdeu o 100% de aproveitamento que tinha em partidas após o Mundial de 2018. O empate contra o Panamá, por 1 a 1, também foi o primeiro gol sofrido pelo time desde julho do ano passado. Agora, a Seleção tem sete vitórias em oito partidas amistosas, tendo marcado 16 gols e sofrido apenas dois, segundo o site oficial da CBF. O segundo amistoso deste ano foi uma vitória por 3 a 1 contra a República Tcheca.

Por jogar em casa, a Seleção Brasileira conta com um forte favoritismo na competição. No dia 11 de abril, os números do portal da Betway indicavam a equipe brasileira com 38,2% de chance de título. Logo atrás, fica a Argentina com menos de 30%. A equipe de Messi não vive um bom momento, inclusive com uma derrota histórica recente para a Venezuela, em amistoso disputado no início deste ano.

Além dos números, diferentes jornais também acreditam que o Brasil deva vencer a Copa América. Em entrevista divulgada pelo portal O Lance, o treinador Tite negou que tenha obrigação e apenas deseja jogar bem o torneio. Porém, uma derrota na competição pode até mesmo custar o cargo do treinador. A Seleção quer fazer da disputa de 2019 a melhor preparação possível, antes do início das Eliminatórias da Copa de 2022.

O futuro do Mineirão

Não só a Seleção Brasileira passa por momentos decisivos, já que o maior estádio de Belo Horizonte também tem o futuro na mesa. Segundo notícias do portal da ESPN Brasil, o Cruzeiro está trabalhando para assumir o controle do Mineirão. No entanto, a negociação ainda deve demorar para sair dos bastidores. Desde a reforma realizada em 2013, o local é administrado pela empresa Arena Minas.

O investimento na reestruturação para a Copa de 2014 custo mais de R$ 600 milhões, e por isso a empresa que administra não aceita perder o dinheiro que colocou no projeto. Enquanto isso, o Cruzeiro segue disputando partidas no local e conseguindo algumas boas rendas. No entanto, as negociações são sempre mais complicadas para que esses acordos consigam sair do papel. Tudo só deve ser melhor definido após a Copa América.

Enquanto as negociações continuam, os torcedores esperam ansiosos pela Copa América. Com os ingressos já à venda, a disputa pelos lugares em algumas das partidas em Belo Horizonte devem ser complicadas. A gestora do estádio espera que a competição seja um sucesso, tanto em jogos das grandes seleções, mas até mesmo quando receber as equipes menos badaladas do torneio.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *